sexta-feira, novembro 04, 2011

Somos todos gregos


O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje que Portugal não seguirá a decisão do governo grego de realizar um referendo sobre o plano de resgate europeu e apelou à união dos portugueses. "Eu espero que Portugal se possa aplicar ainda com mais determinação, para mostrar à União Europeia e ao mundo que nós não seguiremos estes exemplos. Não queremos ser confundidos com o que se está a passar na Grécia, e isso depende inteiramente de nós", disse.

Será que ele ainda acredita que ainda há quem ligue alguma coisa as estes apelos de nacionalismo bacoco? Os portugueses estão bem mais preocupados com o fim do mês e se o Coelho não fosse um rato, fosse mais honesto e não mentisse tanto, certamente que faria também ele um referendo. Ele diz que não queremos ser confundidos com os gregos mas a verdade é que agora somos todos gregos mesmo que isso não dependa de nós, mas do capitalismo financeiros que corroí a Europa e da incompetência de alguns líderes europeus e da impotente apatia de outros.
O que podemos todos fazer é aproveitar este momento em que somos todos gregos para lhes honrar a herança da democracia, recriando-a e transformando-a na verdadeira voz dos cidadãos. Está na hora de negarmos os profetas do nosso fado e assumirmos a responsabilidade do nosso futuro nas nossas mãos. Para isso temos de procurar caminhos, debater soluções, trocar ideias com outros que, como nós, procuram resposta para a sua indignação e para o seu futuro. Junta-te, discute, debate, ouve, fala. A inevitabilidade não existe.

5 comentários:

  1. Petição

    Em defesa da democracia, da equidade e dos serviços públicos

    Pode ler e assinar em:

    http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=DEMO11

    ResponderEliminar
  2. Bom Blogue para todos.

    http://runtamplan.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Estamos é todos gregos pois parece que o dito referendo foi metido na gaveta?Esperemos pelos proximos capitulos...

    ResponderEliminar
  4. Estes tipos já não sabem o que andam a fazer e, mais grave, nem o que andam a dizer! Nós andamos preocupados com o fim do mês, eles teimam em governar para retirar a sua grande parte!
    (perceberás porque te vou levar a imagem)
    Um abraço 24

    ResponderEliminar
  5. Acreditem que seguirei o conselho do Coelho: Dia 24 estarei unido a muitos outros milhões na greve geral.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo