quinta-feira, dezembro 01, 2011

Antenora de Dante(s) mas agora


"Antenora é o segundo giro do nono círculo onde são punidos os traidores de sua pátria ou partido político. As almas ficam submersas no nível do pescoço, com apenas suas cabeças fora do gelo. O nome foi tirado de Antenor, o príncipe troiano que traiu o seu país ao manter uma correspondência secreta com os gregos."

Depois de um anónimo e o amigo Joãopft me terem relembrado Antenora, da Divina Comédia de Dante, senti-me na "obrigação" de lhe fazer um "boneco". Claro que neste caso o segundo giro do nono circulo não se deveria chamar de Antenora, mas sim Passoscoelhora, porque como Antenor também ele está a trair o seu pais, não por simples correspondência secreta, mas por submissão ao poder Franco-Alemão e condenação dos portugueses à miséria. Ninguém conhece por aí algum lago gelado disponível?

4 comentários:

  1. Já existe um software anti-Photoshop

    http://aeiou.expresso.pt/ja-existe-um-isoftwarei-anti-photoshop=f691459


    Esperamos pela avaliação!

    ResponderEliminar
  2. Estes dois são uma casta à parte:

    http://comunicador-vox.blogspot.com/2011/12/o-duo-continua-imparavel.html

    Abraço!

    ResponderEliminar
  3. A ilustração é magnífica, Kaos!

    Lembro que para além da ofensa deste senhor à Justiça com "J" maiúsculo -- aquela que é parte orgânica da ordem natural das coisas, e que Dante tão bem ilustrou -- também a justiça dos homens, caso existisse num sentido não ficcional, não deixaria o crime impune.

    Cito o nosso Código Penal (Lei nº 59/2007 de 04-09-2007):

    "Artigo 308.º - Traição à Pátria

    Aquele que, por meio de usurpação ou abuso de funções de soberania:

    a) Tentar separar da Mãe-Pátria ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira todo o território português ou parte dele; ou
    b) Ofender ou puser em perigo a independência do País;

    é punido com pena de prisão de dez a vinte anos."

    Passos Coelho faz jura pública do seu crime, ao aniquilar por decreto a celebração da restauração da independência nacional. E o que fará a Justica? O que fará o Tribunal Constitucional? O que fará o Presidente da República?

    Quem vendeu a nossa soberania por 89 mil milhões de fogachos, ampolas de cheiro a podridão e papeletes de Carnaval?

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo