sexta-feira, dezembro 16, 2011

“Ladrão”, “Gatuno”, “Palhaço”.


«Quer à chegada quer à saída do Centro de Arte Moderna Gerardo Rueda, em Matosinhos, cerca de três dezenas de populares manifestaram descontentamento, vaiaram o primeiro-ministro e gritaram insultos, tais como: “Ladrão”, “Gatuno”, “Palhaço”.»

O Sócrates teve de esperar 4 anos até lhe começarem a fazer esperas para o vaiarem, este nem precisou de esperar 6 meses. Com a crise que vai por uma Europa, sem soluções nem democracia para travar os Mercados e a politica de empobrecimento deste governo irresponsável, é bom que se habitue e as suas mães que perdoem quando lhes chamarem "Putas", que é ao filho, e não a elas, que querem ofender. E eles, como elas sabem bem, merecem.

2 comentários:

  1. que raio de povo temos que chama nomes aos nossos excelentes políticos coitadinhos andam a passar sacrifícios na AR onde vão ter que receber os 13 e 14 mês de 2012 conforme consta nas contas da AR, têm de andar de fatinho armani e gravata, fartam-se de andar em reuniões com a merkel a saber qual a parte que lhes cabe no bolo €uropeu, têm tanto trabalho a fazer contas para alimentar a banca, pagar pensões irrisórias aos que fazem poucos anos de deputado, de gerentes da CGD e outros, aos ex PR e ao Anibal coitadinho que anda tão magrinho (nem deve comer para não cagar) apelar á caridade dos tugas devemos sim louva-los pois deve ser difícil nesta terra de cegos partir repartir e em vez de ficar com a melhor parte, como diz o proverbio, terem de ficar com a parte toda, desejar-lhes um feliz natal (até lhes podia nascer um pinheiro no cu com pinhas e tudo) devemos sim passar sacrificios e não ter medo como diz o socrasII a fim de terem umas festas felizes

    ResponderEliminar
  2. Foi prorrogado o prazo de 3 para 5 anos do pagamento á troika nas próximas eleições temos de votar nos mesmos para acabarem o belo trabalho que lá estão a fazer são todos boa gente. Porra já era tempo de mudar o povo pois os políticos são sempre a mesma coisa. Pena é não se poder votar nas mães pois os tugas passam a vida a votar nos filhos (DA PUTA)

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo