sexta-feira, dezembro 30, 2011

A morte do Sistema Nacional de saúde


Em Setembro, o tempo médio de espera por um exame era de 105,7 dias, mais de três meses, quando em Agosto não passava de 96,4 dias. "Há situações variáveis, depende não só das solicitações como da capacidade de resposta das unidades, mas a proibição de os hospitais recorrerem às unidades com convenção com o SNS veio piorar os tempos de espera. E é provável que ainda subam mais".»
«"Um doente que esteja em estudo pela primeira vez, e para o qual ainda não haja diagnóstico, não pode esperar três meses para fazer um exame. No máximo um mês, e mesmo assim é variável", afirmou José Manuel Silva, o bastonário da Ordem dos Médicos. "E se se descobre que o doente tem um cancro?", questiona, em forma de alerta.

Se tem um cancro a culpa deve ser do doente porque resolveu adoecer de ser produtivo. Acredito que haja quem considere mesmo que só adoeceu para não ter de trabalhar e viver à custa da Assistência social.
É o respeito pela própria vida que estas politicas e estes ataques ao SNS perpetrados por este Ministro e este governo colocam em causa. Quem não se lembra de ver os mesmos senhores a reclamarem das listas de espera para consultas e cirurgias defendendo o recurso ao privado se o serviço público não conseguisse atender os beneficiários em tempo útil. Hoje, que é na sua mesa que caiem as contas para pagar fazem exactamente o contrario daquilo que defendias. Até os Bombeiros já começam a recusar-se a fazer o transporte de doentes não urgentes por considerarem insuficiente o pagamento feito pelo serviço. É o próprio serviço e a saúde dos cidadãos que é colocado em causa. Aumentam as taxas moderadoras para mais do dobro e cortam na qualidade dos serviços e a Troika ainda vem exigir que se corte mais metade do orçamento destinado à saúde. Este é o caminho que vemos seguir se nada fizermos. Indignemo-nos.

8 comentários:

  1. A nova "ordem" mundial assim o obriga. Ou será que Hugo Chaves tem razão ao afirmar que os cancros em Dilma, Lula, Lugo, Kirchner e nele próprio é obra do diabo yankee?

    Por cá, e como somos um país em vias de desenvolvimento, o sistema não está interessado em manter tantos "velhos" sem fazer nada e ainda por cima a sugar o erário público.

    Se dentro de uma década a população mundial decrescer quer pela fome, quer pela falta de cuidados de saúde básicos, o sistema aplaude o "sacrifício" feito pelos governantes neo-liberais.

    Temos de nos concentrar cá, na nossa terra, onde nascemos e nasceram os nossos filhos e/ou netos, somos poucos e (ainda) podemos dar a volta, o exemplo islandês (que bem conheço) é um bom (óptimo exemplo).

    Um ano de 2012 possível.

    ResponderEliminar
  2. NO COMUNISMO - SOCIALISMO, OBRIGA-SE A CRIAR UM INIMIGO EXTERNO QUE SERÁ O DEPOSITÁRIO DE TODOS NOSSOS DEFEITOS, INCAPACIDADES E FRAGILIDADES. É MUITO BOM COLOCAR A CULPA NOS OUTROS ISENTA-NOS DE RESPONDABILIDADE. EUA E JUDEUS ESTÃO SERVINDO PARA ISTO

    ISATO É INFANTILISMO!

    ResponderEliminar
  3. O MUNDO LEVOU CENTENAS DE ANOS, PARA ABOIR A MONARQUIA ABSOLUTISTA. MILHARES FORAM MORTOS - DERAM A VIDA, O SANFUE, SEUS FILHOS

    O QUE É O COMUNISMO- SOCIALISMO? CONFORME NIETZCHE É A RE-EDIÇÃO DA MONARQUIA

    OBSERVEM QUE PASSAM O PODER PARA MEMBROS DA FAMILIA ; E ELES PODEM TUDO - OS COMUNISTAS E SUA CORTE, AO POVO A MISÉRIA

    VIDE VENEZUELA

    BURROS!

    FIZERAM VOLTAR A MONARQUIA

    BURROS!

    ResponderEliminar
  4. ABOIR??Epa atrasado vai aprender a escrever vai!!Desópila o fígado!!

    ResponderEliminar
  5. ei vadio

    quer a volta do rei, vagabundo comunista?
    quer alguém para para servir, adorar, como tolo, safado?

    por que teme a liberdade?

    ResponderEliminar
  6. Esses norte americanos! Eles insistem em ignorar que a 'verdadeira democracia' está abaixo da Linha do Equador, onde se "respeitam os direitos humanos, não há prisões ideológicas por crime de opinião, perseguições políticas, e, também não há impunidade, nem corrupção..."

    ResponderEliminar
  7. aviso aos otários


    assistam

    O ex-agente da KGB e dissidente soviético Yuri Alexandrovich Bezmenov explica como os marxistas usam informantes para manter listas de pessoas que serão executadas quando chegar a revolução, inclusive os esquerdistas idealistas idiotas úteis.


    http://www.youtube.com/watch?v=95H1wqh96Ts&feature=related

    na russia mataram todos os ferroviários e agricultores- os pobres sonhadores que cairam na conversa dos comunistas

    ResponderEliminar
  8. Anónimo1/1/12 22:24

    O SNS é insustentável, um luxo que o Estado não consegue sustentar porque não cria riqueza compatível. Só os parvos é que foram na cantiga dos socialistas do pós-74. Idiotas!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo