sexta-feira, dezembro 23, 2011

O nosso Cabo da Tormentas


Passos Coelho afirmou que se 2012 será “um ano muito difícil”, 2013 será diferente: “Tenho a convicção e a certeza de que atingiremos as metas de 2012 e a partir de 2013 estamos confiantes de que Portugal terá dobrado o cabo das tormentas”.

Mas, a nossa maior tormenta actualmente não é ele próprio?

5 comentários:

  1. Mas vamos chegar a 2013? Duvido.

    ResponderEliminar
  2. 2012?! 2013?! O rapaz já faz previsões do valor das reformas para daqui a 20 anos! Se tivesse estudado um pouco de história talvez não tivesse tantas certezas!

    O Rei dos Leittões sente-se orgulhoso de desejar ao Kaos, à kaótica e restantes Kaosídicos um Natal impossível e uma ano novo cheio de lutas possíveis.

    Não comam carne de porco!

    ResponderEliminar
  3. Este boneco, faz-me lembrar aquela anedota do exame da 4ª classe:
    Professora:
    - Então diz lá como é que o Bartolomeu Dias passou o Cabo das Tormentas, estando lá o gigante Adamastor.

    - Então, o Bartolomeu Dias perguntou ao Adamastor: (PPC)
    - O mar é teu ? As caravelas são tuas ? Então vai à merda pá e deixa-me passar !

    ResponderEliminar
  4. quando forem as eleições estão será tudo do melhor e á semelhança do (C)aníbal que deixou de se ver por uns tempos (o tempo necessário da memoria curta dos tugas) aparecerá o Sócrates na procura de um lugar de PR

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo