segunda-feira, dezembro 05, 2011

Uma Constituição que até (os) queima


«O empresário Joe Berardo diz que o Presidente da República não tem conseguido manter o compromisso de "defender os portugueses", nem explicar o seu envolvimento em algumas situações polémicas, pelo que deve "pedir a resignação" do cargo.»

Eu normalmente não concordo com aquilo que este Joe diz, e não é por nem saber falar um português minimamente português, mas sim pelas suas opiniões e oportunismo. Mas, neste caso até tenho de concordar com ele que este Sr. Silva devia resignar. O melhor mesmo era que nunca tivesse sido eleito por todo o mal que já tinha feito a este país e, se não resignar todo o que ainda virá a fazer.
As funções do Presidente no nosso regime é quase de figura institucional, mas algumas funções importantíssimas como a obrigação de velar pelo cumprimento da Constituição. Este governo já deu mostras de não ligar nenhuma à lei fundamental da republica Portuguesa e cabe ao Presidente a obrigação de pôr cobro a isto. terá o Sr. Silva coragem para isso? É que ao que parece a Constituição começa a queimar-lhe as mãos.

PS: Já agora Sr. Silva, se fizer um favor ao seu país e antes de resignar, agradecíamos que demitisse o Passos Coelho e toda aquela cambada de Álvaros, Relvas e Gaspares que o acompanham.

2 comentários:

  1. Pois...isto de haver eleições é uma chatice e na verdade pouco democrático. O melhor mesmo é tomar o poder de assalto...democraticamente, claro!

    ResponderEliminar
  2. Achei por bem dizer que desde 1976 ninguém foi eleito pela maioria do povo português.
    Aqui começou a mentira.
    Infelizmente continuaremos a ser escravos da nossa própria ignorância

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo