quinta-feira, janeiro 12, 2012

Arrogante prepotência


O tribunal intimou o ministro das Finanças a facultar à associação sindical da ASAE, no prazo máximo de oito dia, o resultado da auditoria à avaliação de desempenho dos inspectores daquela polícia. Vítor Gaspar não cumpriu. Incorre em multa e em responsabilidade criminal, civil e disciplinar.

Este Gaspar parece acreditar que pode fazer o que desejar e que não é obrigado a respeitar as regras e as leis. Isso é obrigação dos outros mas nunca dele. A democracia é um aborrecimento pois ele não vive num mundo de pessoas com vidas e sentimentos mas sim de números e enganos.

3 comentários:

  1. O Vitor era um emigrante de sucesso. No lugar dele, nem com uma pistola apontada à cabeça me vinha meter nesta merda.

    ResponderEliminar
  2. a democracia como coutada...

    ResponderEliminar
  3. Esse Gaspar é mesmo um mago de barro de presépio! O que traz no regaço é de barro como ele! Não passa de um figura de decoração para chamar as moedas no pires das esmolas que está sobre o musgo!
    Este Natal de barro, frio, caridade, pobreza, burros vacas e outras figuras vai custar a passar.
    Bom Natal

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo