quarta-feira, março 14, 2012

Já brilha o futuro para o Passos Coelho


O primeiro-ministro insistiu, mais uma vez, que não vai pedir mais tempo nem mais dinheiro à troika e reafirmou que o País vai regressar aos mercados em Setembro de 2013. «Já dissemos que vamos voltar aos mercados de dívida em Setembro de 2013 e é o que vai acontecer. Nessa altura, deixaremos de precisar de financiamento externo para a economia», afirmou Pedro Passos Coelho.

Mesmo que o Passos Coelho acredite que vê a luz lá para o fim do ano que vêm, noto nestas declarações algumas incorrecções. Primeiro parece evidente que neste sistema o país vai necessitar de mais tempo e mais dinheiro, segundo que Portugal tenha dinheiro para pagar os juros que vamos estar a pagar em Setembro de 2013 e terceiro que nessa altura já não será ele o Primeiro-ministro do país. E já agora, ir aos mercados não é precisar de financiamento externo?

1 comentário:

  1. http://asombraquemepersegue.blogspot.com/2012/03/postal-sua-excelencia-o-senhor.html

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo