domingo, março 11, 2012

Chafurdice política


Luís Menezes, filho do homónimo, afirmou que "não há duplo pagamento" na Lusoponte, acusou o PS de fazer "chafurdice política" e a Estradas de Portugal de ser um "braço armado" do anterior Governo.

Grande chafurdice de promiscuidade é a indignidade de imporem a miséria para milhões e vermos os desmandos, seja por incompetência ou compadrio, dos dinheiro que nos "roubam". Para os muito ricos, para as elites não se deseja incomoda-los com coisas chatas como a austeridade e até se presenteiam com o dinheiro de todos nós. Uns comem tudo outros ficam sem nada.

2 comentários:

  1. Na parvoíce, tem a quem sair..., ao pai !

    ResponderEliminar
  2. Só lamento que a mãezinha dele não abortasse, ou então aquando da "coisa" não desse uma valente dor de corno ao paizinho.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo