sábado, abril 14, 2012

Desafinado


A disciplina de voto dos Deputados na Assembleia sempre foi algo que me causou alguma estranheza num regime que se apelidava de Democrático por ser limitativo da liberdade e da consciência de cada um. Pareceu-me por isso bem quando na altura da sua eleição o To-zé Seguro tivesse afirmado que iria libertar os deputados do PS dessa disciplina que só seria obrigatória para promessa eleitorais e para garantir a governabilidade do país. Mas, como todos os lideres fracos rapidamente as boas intenções se desvaneceram nessa fraqueza e emergiu a necessidade de se impor pela força do cargo. Uma deputada já foi publicamente repreendida por ter votado contra as aberrantes leis do trabalho deste governo e agora vai impor a disciplina de voto a oito deputados que tinham afirmado ir votar contra o novo tratado europeu imposto pela Merkel e Cª.Lda. Infelizmente há, não só no governo, mas também por toda a oposição muito medo da liberdade individual e da democracia sem correntes e é por isso mesmo que a necessidade de uma democracia verdadeira e livre é essencial e urgente.

7 comentários:

  1. tÓZÈ ou mais conhecido como o palhaço trise.Ao menos o socas tinha mais pinta!

    ResponderEliminar
  2. Ora e,agora,não falam do centralismo democrático?e da Coreia do Norte?

    ResponderEliminar
  3. Tozé Inseguro

    ResponderEliminar
  4. http://foicebook.blogspot.pt/2012/04/o-golpe-de-estado.html

    ResponderEliminar
  5. [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=c6M_6qOz-yw&feature=player_embedded]

    ResponderEliminar
  6. A confissão do Assassinato de SÁ CARNEIRO por Farinha Simões ---> http://www.youtube.com/watch?v=c6M_6qOz-yw&feature=player_embedded

    ResponderEliminar
  7. ai, coitadinho dele, que até se suporta, vez por outra, diz a minha sogra, bem, quando dá em estar calado .

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo