segunda-feira, maio 28, 2012

Espiões coscuvilheiros


«
Num email enviado de Silva Carvalho para Paulo Félix (à data funcionário da Ongoing e ex-PJ), a 4 de Setembro de 2011, Francisco Pinto Balsemão, presidente da Impresa, aparece com um nome de código: Balsinhas. Nele, Silva Carvalho pede que vejam “em fontes abertas” tudo o que há “sobre o Balsinhas”, em particular sobre os empréstimos que tinha, em que bancos, quando venciam. Silva Carvalho argumenta que essa informação interessava à estrutura financeira e económica da Ongoing. Tempos depois, recebe um relatório detalhado de 31 páginas sobre Balsemão, que incluía uma cronologia com dados importantes da sua biografia, uma colectânea de recortes de jornais, listas de amigos, inimigos e aliados e até considerações sobre a sua performance sexual.

8 comentários:

  1. O dono da Sic e outras tem razão em estar preocupado com a coscuvilhice sobre a sua vida privada e negócios e no entanto pertence à mesma família política, imaginem o que não iria acontecer se não fosse descoberta esta teia nojenta!
    É de lamentar que a seguir aparecerão, mais tarde ou mais cedo, escândalos como outros que já rebentaram!..
    Imaginem também que se descobria TUDO que se passou após o 25 de Abril!...
    Morríamos de susto!...
    Para além de nojentos são perigosos!...

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  2. Se fazem isto aos correligionários, imagine-se o que não serão capazes de fazer aos outros!

    ResponderEliminar
  3. Cito Michel Foucault:

    "O adversário estratégico é o fascismo [...] o fascismo que temos dentro de nós, nas nossas cabeças e no nosso comportamento quotidiano, o fascismo que nos faz amar o poder, que nos faz desejar o que de facto nos domina e nos explora."

    ResponderEliminar
  4. É técnica cada vez mais comum,já,correligionários desses,me tentaram fazer o mesmo,a nível de pequenos regedores,nazis e mafiosos.

    Um abraço,
    mário

    ResponderEliminar
  5. Mas para o PR são questões politico-partidárias!!!!!

    ResponderEliminar
  6. Isto não passa de uma guerra entre capitalistas... A SIC e TVI, ou quem lá manda, não querem que o Relvas privatize a RTP: isso ia aumentar a concorrência e baixar os lucros. Portanto, ministro abaixo! Pelo meu lado estou farto de pagar com dinheirinho dos meus impostos programas (culturais) do calibre do Preço Certo e do (informação) Prós & Prós, e demais merdas... Diga-se mal do relvas, mas chamem-se os bois pelos nomes porque senão estão a dizer bem dos outros por omissão...

    ResponderEliminar
  7. e se fossem coscuvilhar a casa pia ?

    se calhar não podem porque se calhar as cobaias até foram indicadas por algum tuga daqueles que vão ás reuniões de bidberg pois essa ideia deve ter vindo daí. os bons democratas justos sérios blá blá blá dos americanos já não chega irem fazer guerras para os paises dos outros como até já vêm fazer testes á moda nazi para fora do pais deles.

    ResponderEliminar
  8. O Balsinhas tem que nos dizer é quem convidou para o acompanhar a Chantilly e ficar abancado com o seu anafado cu No Merriot para a reunião anual do Grupo de Bilderberg.

    Agora já não precisa dos S.Secretos para lhe prepararem o caminho " á descrição ".

    Todos estes politicos de trazer na sacola, são marionetas nas mãos do Balsibnhas...quando ele vier da reunião, já vos diz como é que é!
    Vão ver com quantos paus se faz uma canoa!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo