quinta-feira, maio 24, 2012

Um Pínóquio filósofo e a falar francês


José Sócrates foi ontem acusado por Alan Perkins, administrador do Freeport entre Julho de 2005 e Dezembro de 2006, de ter recebido "pagamentos ilícitos" - cerca de 200 ou 220 mil euros - enquanto ministro do Ambiente para viabilizar o outlet em Alcochete. Segundo a testemunha, "Pinóquio" era o seu nome de código.

"Foram tantos os pedidos, tão sinceros, tão sentidos que" lá fiz mais um Pínóquio filósofo e a falar francês. Quanto ao caso em si já pouco mais tenho a dizer que aquilo que já foi dito pois com a justiça que temos nada de muito relevante se pode esperar, mesmo sendo o Sócrates uma personagem que fez muitos inimigos. Será mais um caso a juntar a tantos outros que mais cedo ou mais tarde será arquivado por erros processuais ou que prescreverá.

15 comentários:

  1. Foi a pedido ? Eu vi logo pela montagem que não foi por convicção.........o relvas esse sim tem sido por "fortes convicções"...esta lindo.

    ResponderEliminar
  2. Quem mansinho estás Kaos! Estás doente?

    ResponderEliminar
  3. Para começar, já temos o Isaltino, já conhecido pelo "O PRESCRITO".

    A seguir será o Lima....

    ResponderEliminar
  4. ... mas que os laranjas não se lamentem desonestamente da maldição que foi o pinóquio para o nosso país; pois todos sabemos que o engenheiro era o mestre da palavra fundada no raciocínio injusto que eles nunca foram nem conseguem ser; por ter o engenheiro executado a destruição do ensino básico e secundário, do SNS, e ainda ter conseguido pôr em prática três PECs, tudo isso sem nunca precisar de se desculpar com a troika, enquanto os laranjas... pfff...

    ... entretanto, o majestoso pinóquio acumulou outras riquezas, de que nunca se fala, em off-shores por esse mundo fora, recebidos como pagamento pelos serviços prestados àqueles cujo intento confesso é a destruição da nação portuguesa e sua convesão num jardim demoníaco de exploração esclavagista neoliberal; e, com tal pecúlio em bom tempo acumulado, o engenheiro foi para paris viver à conta da sua fortuna pessoal e arranjar o diplomo que verdadeiramente lhe assenta bem, e que lhe confere o almejado aprimoramento de "o raciocínio injusto", isto citando Aristófanes quando este se referia aos sofistas, sábios da antiguidade que, mediante pagamento, se dispunham a ensinar e pôr em prática a arte da retórica a fim de vencer os seus adversários nos litígios e na política...

    ... por isso, chega de josé sócrates; não acham?

    ResponderEliminar
  5. Não percebi nada....organiza lá as ideias, que grande confusão vai para esses lados Joaopft......

    ResponderEliminar
  6. OK, então aqui vai, trocado por miúdos:

    Os LARANJAS têm INVEJA do SÓCRATES pois ele conseguiu, pelo SOFISMA, entregar o país ao ESCLAVAGISMO NEOLIBERAL, durante SEIS longos anos, tudo sem nunca precisar de se desculpar com a DÍVIDA e com a TROIKA, coisa que o PSD nunca conseguiu, consegue ou conseguirá fazer.

    ResponderEliminar
  7. Ok, percebido e obrigado.........beatifique-se a figura e com as esmolas dos milagres ajude-se as vitimas.

    ResponderEliminar
  8. quando esta matilha estiver de saída muito malho nos lombos vão levar...

    ResponderEliminar
  9. O que a matilha vai levar é o mesmo que os outros levaram!
    Dinheiro, muito dinheiro para poderem sobreviver à grande e à francesa sem privações!
    Estas são para nós, os cornos mansos!...

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  10. Malho nos lombos com cogumelos e arroz de grelos......que culinária.

    ResponderEliminar
  11. José Sócrates
    Primeiro-Ministro de Portugal
    2005-2011
    R.I.P.

    ResponderEliminar
  12. Antonio Guterres
    Primeiro Ministro de Portugal
    1995-2002
    R.I.P.

    ResponderEliminar
  13. Passos Coelho "O NEOLIBERAL"
    2011-????

    ResponderEliminar
  14. Este governo é mesmo para queimar. Vai fazer todo o trabalho sujo que o PS gostaria de ter coragem para fazer. Depois perde as eleições e lá teremos novamente um Sócrates qualquer a fxder este país novamente! Por isso fiquem descansados que não vão ter muito tempo para aquecer a cadeira

    ResponderEliminar
  15. O neoliberal sim, mas fica melhor com o cognome de "O EXTERMINADOR"!

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo