quarta-feira, junho 27, 2012

A bomba da austeridade


Mais medidas de austeridade? "Se for necessário". Renegociar e reestruturar a dívida? "Não e não". As respostas do primeiro-ministro, Passos Coelho,
O ministro das Finanças afirmou que o Governo não está "neste momento" a contemplar mais medidas de austeridade, mas poderá recorrer a medidas adicionais "que se revelem necessárias".

Com o descalabro da execução orçamental e a recusa do governo em pedir à Troika que alivie o garrote não é muito difícil imaginar que brevemente a bomba relógio que o governo colocou sobre os nossos pés rebente e sejamos atingidos por mais medidas de austeridade. Descansados podem ficar os que lucram com as PPP, com as privatizações, os amigos e os que se alimentam das gorduras do Estado pois esses estão bem protegidos contra esse mal.

11 comentários:

  1. Ainda há dias, no S.João, a C. M. do Porto gastou 16000 euros num jantar com o Sr. Silva!!!

    ResponderEliminar
  2. Este 1º Ministro, já era aldrabão, ainda andava na escola da Dª Micas.
    Quando os portugueses deram por ele, andava a prometer que não aumentava impostos a ninguém... é só rever as aldrabices sucessivas que este pantomineiro nos dá todos os dias.
    Austeridade: Para funcionários públicos e pensionistas o resto do país, não precisa de austeridade !
    Que moral tem este gajo?

    ResponderEliminar
  3. Ó 13:36 e quanto gastou em fogo de s joão ? parecia o fim do ano na madeira. O silva onde vai é so gastar e para gastar. e os jornalistas sempre atrás com perguntas de caracará porque não lhe perguntam se acha que com a crise deveria passear menos?

    Á boa maneira do pinocrates este pinoelho é igual se diz que não é porque já a tem estudada afinal eles não fazem outra coisa que é fazer contas do que vão sacar a seguir.

    A culpa foi da mãe do afonso henriques que quando ele lhe bateu ela devia ter puxado de um barrote e enfia-lo pela cabeça abaixo

    ResponderEliminar
  4. Também concordo que D. Afonso Henriques nunca devia ter nascido!
    Já tenho dito várias vezes e alguns ficam a olhar sem resposta!
    Devem pensar que sou doido, não sou patriota, mas já acreditei! Ontem e hoje os "políticos", e "seus acólitos" bem como esta "democracia" são uma negação absoluta!

    ResponderEliminar
  5. Sabe o que significa não ser patriota?

    ResponderEliminar
  6. Kaos, já sabe que eu goto sempre dos seus "bonecos", mas hoje, parece-me que errou nas caras dos que estão na ponta da dinamite: não são eles que vão explodir, somos nós! Nós todos, a começar por aqueles de nós que já não aguentam mais! Esses que pôs aí são o dito "bando de cagalhões" que mostrei anteontem lá no meu blog....

    ResponderEliminar
  7. e mais uma vez, a esperança dos portugueses no futuro, ficou pendurada na ponta de uma bola de futebol....

    ResponderEliminar
  8. Hoje em dia há muitos e variados
    "patriotas"!
    Os jogadores de futebol são um exemplo!
    Mas quem ame a sua Pátria (significado de patriota) é MINHA convicção que são poucos ou nenhuns
    esse sentimento passou à história!

    ResponderEliminar
  9. Ássim como já ninguém, hoje em dia, dá a vida pela Pátria por a amarem, a menos que lhe "paguem" muito bem! Os interesses são outros!...

    ResponderEliminar
  10. Olha,quem tem lições a dar de patriotismo é o ricardo espirito santos,o belmiro e o outro do pingo doce-essses é q são a+ptriotas ,oh anónimo 23:30

    ResponderEliminar
  11. os gajos da bola são tão patriotas como os outros os midea a Galp e a Tmn e por ai fora é que empolgam o patriotismo no futebol que até parece que quem não gostar de futebol e da selecção não gosta da pátria mas como dizia aproveitam isso para fazer uns anúncios de merda que muitos tugas que são chulados em combustíveis caros chamadas de telefone super caras etc inconscientemente são ludibriados e nem mais pensam nessa limpeza que nos fazem á carteira

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo