sexta-feira, junho 08, 2012

Meter a casa em ordem


Na celebração de um ano de governo, num brinde à vitória do PSD, Passos Coelho afirmou que “Vamos meter a casa na ordem”.

Será que quando acabar ainda vai haver casa? E havendo casa ainda haverá gente para lá viver?

6 comentários:

  1. Anónimo8/6/12 05:05

    Com o dinheiro dos outros, também sei governar.

    Meter a casa em ordem, era prender e obrigar a pagar, o que alguns dos políticos me roubaram.
    A maMadeira não se mete na ordem ?
    Roubar os reformados, é já a seguir,....

    ResponderEliminar
  2. Anónimo8/6/12 10:08

    investiguem o despedimento coletivo do casino estoril

    ResponderEliminar
  3. Anónimo8/6/12 13:41

    Esta na Hora de uma nova REVOLUÇÃO...

    ResponderEliminar
  4. Foi o Van Roupuy que lhe emprestou a esfregona e o balde?

    ResponderEliminar
  5. perdão, Herman Van Rompuy, o tal comissáurio-presidente europeu que, segundo Michael Farage, tem "o carisma de uma esfregona húmida".

    Quando recebia ordens do Marco António de Vila Nova de Gaia (entretanto promovido a Secretário de Estado -- e inimigo figadal -- de Mota Soares, de tal forma que o seu ministério está paralisado com o veneno segregado entre os dois), dizia que o PEC 4 era inaceitável, e que os portugueses tinham motivos para estar revoltados com o Sócrates. Quando passou a receber ordens da Dona Merkel, ai, ai, aí a Troika já era boa mas incompleta, porque era preciso fazer mais do que a Troika e os portugueses eram uns piegas. Agora que não se percebe bem de onde lhe vêem as ordens, que a confusão entre Washington, Paris e Berlim é tremenda nestes dias, o homem diz umas coisas desconexas, que afinal os portugueses não são piegas, não senhor, são isso sim pacientes e estóicos (o suficiente para o continuarem a aturar, pelo menos) mas a Troika continua a ser o Graal, e a dívida incobrável é para pagar e não bufar.

    Realmente merecíamos bem melhor...
    Quem é que vos mandou votar nestes gajos, porra!!!

    ResponderEliminar
  6. O FDP QUE FALOU EM REVOLUÇÃO DEVIA MORRER!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo