segunda-feira, julho 23, 2012

Quanto vale um kwanza


De há uns tempos para cá que não há ministro ou secretário de Estado que não passe por Luanda. (Alguns mais valia tirarem o passe que devia ficar mais barato). Portugal está à venda e ali há uma classe dirigente residente,  bem abastada e com a vontade de negócio. Energia, comunicação social, construção, banca, tudo se vende e tudo compram. Sabendo-se que em Portugal cada vez mais governa o dinheiro que os interesses do país é natural que alguns fiquem preocupados por ser a filha de um governante que há mais de 30 anos governa com pulso de ferro, reprime manifestações e onde a corrupção é moeda de troca corrente, quem cada vez mais manda em sectores estratégicos para Portugal.
Longe vão os tempos em que a politica internacional acenava com os direitos humanos, com a liberdade e democracia. Agora, vende-se a EDP e a REN ao Partido Comunista Chinês e Angola é recebida de braços abertos, sem uma palavra, uma critica, sem uma pequena observação. Com o fim da cortina de ferro já não há necessidade de pensar nos povos como forma de impedir o avanço "comunista". Os povos são agora só gado e é o dinheiro que fala cada vez mais alto. Os mesmos que há algum tempo chamavam de ditador, corrupto, assassino e outras coisas do género ao José Eduardo dos Santos são os mesmos que hoje se curvam perante ele no beija mão submisso.

8 comentários:

  1. kaos, mas se alguem de portugal disser mal, não vem mais guito

    ResponderEliminar
  2. Pois, mas eu que sempre procurei pautar a minha vida pessoal por alguns princípios, que não acredito que o dinheiro pode comprar tudo custa-me saber que o meu país se vende. As prostitutas pelo menos vendem um serviço, nós vendemos a nossa consciência. Tenho vergonha.

    ResponderEliminar
  3. e tanta divida foi perdoada a esse preto do caralho

    ResponderEliminar
  4. Anónimo das 01:49
    Não se trata aqui de uma questão de cor ou de raça mas da falta de democracia e liberdade de uns e a hipocrisia de outros

    ResponderEliminar
  5. Angola e negociatas para ex-retornados e ex-Africanistas. Bom futuro para Portugal de mistura.

    E a Guiné?
    Há por lá negócios promissores...

    Um Neo-Liberalismo com unhas Colonialistas...Tantas voltas para voltar à Esterqueira!

    ResponderEliminar
  6. Eduardo dos Santos, ditador de esquerda, grande amigo e seguidor politico dos maiores países comunistas como a China e a Rússia.

    "Olha para o que eu digo... não olhes para o que eu faço"

    ResponderEliminar
  7. Aqui o gajo está mais escuro!
    Foi tinto do forte que emborcou e reflete-se na cor, sol a mais, ou será ilusão de óptica da minha parte?
    Que o gajo é um grande sacana, ai isso é, já todos sabemos, mas serve aos vendidos desta merda, ai isso serve!...
    Entendem-se todos!

    ResponderEliminar
  8. Isso é cOVERSA DE MERDA, PORQUE TANTO A CHINA COMO ANGOLA OU COREIA DO NORTE ,NADA TEEM DE COMUNISTAS,NEM NUNCA LÁ SE TENTOU PARTICAR QUALQUER COREENTE DESSE TIPO DE PENSAMENTO E SE AINDA ESTÃO NO PODER , É PORQUE AO CAPITALISMO CONVÊM.È DE RELEMBRAR QUE A MAIORIA DOS PAÍSES COMUNISTAS (INCLUSIVE A ANTIGA URSS)CORTOU RELAÇÕES COM O PARTIDO COMUNISTA CHINÊS NOS ANOS 50 POR CAUSA DO NÃO RESPEITO PELOS DIREITOS HUMANOS.E NÃO ME VENHAM COM A TRETA QUE OS USA SRESPEITAM POR ISSO É CONVERSA,BASTA VER O ÍNDICE DE CONDENADOS Á MORTE NAS PRISÕES NORTE AMERICANAS, E OS 40 MIHÕES DE POBRES QUE VIVEM ABAIXO DO LIMIAR DA POBREZA.QUANTO A ANGOLA, O J SÓ LÁ ESTÁ PORQUE INTERESSA AO SRS DO DINHEIRO....

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo