sábado, agosto 11, 2012

Somos governados por canalhas e pulhas


O Banco Central Europeu recomendou aos países que estão a sofrer altas taxas de desemprego uma bateria de medidas estruturais que inclui reduzir mais os salários e as indemnizações por despedimento.
Para aumentar a competitividade, o BCE considera «urgente» reduzir os «custos laborais e as margens de lucro excessivas», especialmente nos países com uma alta taxa de desemprego. Primeiro, o banco central sugere medidas como «reduzir o salário mínimo», «relaxar as leis de protecção laboral», «permitir o contrato individual de trabalho» e «abolir a correlação entre salários e inflação».

Para quem tenha dúvidas sobre qual o futuro que estes canalhas têm definido para a Europa este relatório é claro. Menos protecção social e salários mais baixos em nome da economia global e dos mercados. Nos últimos dois anos o salário médio em Portugal já foi reduzido em 107 euros, já reduziram de 30 para 10 dias por cada ano de trabalho as indemnizações por despedimento, já possibilitam o despedimento sem justa causa, já diminuíram o valor do subsidio de desemprego, já aumentaram a idade da reforma e reduziram o seu valor mas ainda não lhes basta. Para esses pulhas 485 euros de salário mínimo ainda é muito e há que reduzi-lo enquanto promovem o aumento dos custos na energia, transportes, justiça, saúde e educação. Para esses FdP somos gado a quem podem explorar e utilizar como desejam e depois atirar para o lixo quando já não servimos. É esta gente que temos de combater e correr do poder assumindo-o como colectivo de cidadãos numa verdadeira democracia. Estamos fartos e está na hora de o demonstrarmos. Juntem-se, debatam e criem alternativas. Só assim podemos derrubar esta gente que nos trata como escravos do mercado.

12 comentários:

  1. Tens razão, Kaos. Estão a matar as pessoas bocadinho a bocadinho, para não irmos todos ao mesmo tempo e não nos apercebermos do que está a acontecer.

    ResponderEliminar
  2. Já o chanceler mor aconselhava o Filipe que veio de Espanha a nomear só familiares pró Governo e lixar o povoléu mas ...aos poucos para não se notar muito...

    ResponderEliminar
  3. Convinha não esquecer os autores...só para memória futura...!!!

    ResponderEliminar
  4. ai, e viu-se lá ontem aquele que foi do banco de portugal, um inútil sem pescoço, constâncio, a sentar-se, pimpão, como a dizer, a seguir ao que fala, que eu aconselhei, aqui, parvalhão e tudo, eu sou o mais importante .

    ResponderEliminar
  5. Vejam e oiçam o que aqui se diz e depois digam-me se ainda nos querem roubar mais !?






    http://www.youtube.com/watch_popup?v=tJj0H5C-uhc

    ResponderEliminar
  6. Blogue sobre pintura:

    http://pintormor946.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. mas renovar os pulhas sai tão caro

    e para renovar os canalhas acho que não temos guito

    e para fazer de nobres cidadãos canalhas e pulhas em algumas semanitas sei lá não ficava mais barato con tinuarmos a ter nobres cidadãos?

    ResponderEliminar
  8. Foda-se quanto tempo é que tu perdes a fazer estas merdas?

    ResponderEliminar
  9. Manel z, porqe é que não vais mamar na quinta pata de um cavalo ,e juntares-te a essa corja que anda a tentar comer-nos a todos?talvez eles precisem de um moço da recados...

    ResponderEliminar
  10. http://jamandasnao.blogspot.pt/2012/08/dividocracia-vejam-que-vale-pena-se-se.html

    ResponderEliminar
  11. Kaos desta vez estamos 100 % de acordo! Não escapa um único governante: do BE ao PP é tudo um bando de canalhas e pulhas, que fazem estrago onde podem, seja no governo ou nas autarquias.

    ResponderEliminar
  12. ORDENADO MÍNIMO A 50 CÊNTIMOS JÁ!

    mudam-se os tempos mudam-se as vontades -OS POBRES QUE PAGUEM A CRISE- long live the queen long live bidberg long live os pançudos

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo