terça-feira, dezembro 18, 2012

Uma ponte com Portas


Algures pelas Arábias o Paulo Portas afirmou que Portugal «já se passou o meio da ponte». A dúvida que fica é se essa ponte leva a algum lugar, se tem fim ou se ainda haverá alguém vivo quando lá chegar. É que neste momento a ponte está cheia de desempregados, trabalho precário, fome, miséria,impostos, austeridade, medo, indignação, e alguns banqueiros e seus amigos que de tão gordos ainda rebentam com a dita cuja ponte. É a velha luz ao fundo do túnel, agora transformada em ponte e não sei para onde nos leva, mas uma coisa é certa, não será um lugar nem feliz nem bom para se viver.


1 comentário:

  1. http://www.publico.pt/economia/noticia/fmi-aconselha-irlanda-a-abrandar-austeridade-em-nome-do-crescimento-1577875

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo