quinta-feira, Janeiro 10, 2013

A reindustrialização


Que esta gente minta porque sente a necessidade de ser eleita ou porque quer implementar as medidas capitalistas e liberais que os seus donos lhes encomendam já estamos habituados e não é nada de novo. Agora é a ideia passa pela necessidade de reindustrializar o país, ideia já defendida pelo Durão Barroso para toda a Europa. Parece ser uma boa ideia, reconstruir o tecido produtivo que paulatinamente, os mesmos destruíram ao longo das últimas décadas. A questão é o como? Liberais defendem que o Estado não deve fazer porque não lhe compete e os privados também não parecem interessados até porque a especulação financeira rende muito mais dinheiro e com muito menos investimento, trabalho e riscos. Claro que há uma solução, a mesma de sempre, o Estado entra com o dinheiro, ou seja nós, e os privados ficam com os lucros. Nós todos vamos andar a pagar o enriquecimento de alguns, uma vez mais. Mas como é que o Estado vai ter dinheiro se está falido e com uma dívida enorme? Fácil, pede mais dinheiro emprestado, aumentando a dívida e o endividamento que depois nós teremos de pagar porque somos pessoas de bem,  honestas e cumpridoras dos seus compromissos,  mas que gastou acima das suas possibilidades. O ciclo repete-se, uma vez mais e uma vez mais os que já têm muito ficarão ainda mais ricos e os que pouco têm ficarão ainda mais pobres e miseráveis. As linhas de crédito para a industrialização devem estar prestes a rebentar por aí. 
 

5 comentários:

  1. Reindustrialização?! O capitalismo financeiro sabe muito de serviços e outsourcing, mas não tem mostrado grande vocação para a produção propriamente dita.

    ResponderEliminar
  2. falam mal dos xinocas mas aqui ainda é pior pois lá recebem mal mas fartam-se de bulir aqui nem há para bulir e os que o têm quase não recebem e ainda lhes querem limpar mais AFINAL TEMOS DE ALIMENTAR CATROGAS EX-PR'S ETC A ESCUMALHA É VASTA

    ResponderEliminar
  3. Quando é que toda esta escumalha criminosa vai para cadeia, para a rua ou para o raio que a parta?
    O MEDO que está a infligir à população que não consegue defender-se é CRIME com todas as letras, quer goste quer não!
    O parasita "luisinho" filho de papai doeu-se, mas tem que engolir!
    Este Povo também está a comer do que não gosta!

    ResponderEliminar
  4. Madalena Serpa11/1/13 10:45

    Tretas, isto é só areia para os olhos do pagode, são ecofascistas e não querem reindustrializar coisa nenhuma, não se esqueçam que eles são seguidores dos "mandamentos" inscritos no "stonehenge" da Georgia.

    ResponderEliminar

Partilhe