quinta-feira, janeiro 03, 2013

Inconstitucoelhidades


Andava eu à procura de uma imagem para fazer um boneco sobre a noticia de que o Presidente da República não pediu que a análise do TC ao Orçamento do Estado para 2013 fosse feita com carácter de urgência, quando encontrei este quadro e não resisti. Tem Coelho, tem Cavaco e tem tempo. O tal tempo a que para o Sr. Silva não carece de urgência. Segundo ele, embora tenha tido medo de assumir a responsabilidade e as funções do seu cargo, o orçamento tem inconstitucionalidades, não devendo por isso sequer entrar em vigor, mas tudo faz para que as medidas nele contidas penalizem os portugueses, a economia que diz necessitar de incentivo e o próprio país. Não há urgência em travar as inconstitucionalidades, o tribunal pode ir com calma e, como já aconteceu em 2012, reconhecer que há normas que não poderiam ser aplicadas mas já não há nada a fazer. Corrija-se lá para 2014. E assim se governa não cumprindo as leis com o aval de quem tem como responsabilidade fazê-las cumprir. Uma vergonha que destrói toda a ideia de democracia e liberdade e que só por si justifica que estes canalhas sejam apeados dos cargos que ocupem.

2 comentários:

  1. Anónimo4/1/13 04:46

    Não há duvidas !

    Não prestam...para nada!

    Só vigarices de saloio "espertalhão".

    ResponderEliminar
  2. Anónimo4/1/13 20:21

    hoje soube que a conforlimpa é que limpa as celas dos presos?

    da-seeeee os presos têm mesmo boa vidinha e o estado é só gastar dinheiro porque carga de agua os gajos não limpam as celas deles mesmos?

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo