quarta-feira, maio 01, 2013

O baile dos aldrabões


Ontem enquanto numa sala do parlamento o Álvaro dizia que agora é que é, que  a economia vai arrancar a todo o vapor, que se vão criar empregos e tudo vai melhorar na sala ao lado o Vitor Gaspar informava que afinal não são 4 mil milhões mas sim 6 que vão cortar até 2016. A bota não bate com a perdigota e enquanto um avisa o outro faz o discurso que muitos desejam ouvir. Os dois mentem, um porque promete o que sabe não ir acontecer e o outro porque sabe que as suas previsões vão falhar como falharam todas as anteriores. Ambos pertencem a um  governo de gatunos vendidos aos mercados, ambos trabalham para os mesmos donos e ambos um dia deixarão o governo com as suas vidas resolvidas e Outros ocuparão os seus cargos e continuarão o seu trabalho sujo num país entregue nas mãos de especuladores gananciosos.

1 comentário:

Ocorreu um erro neste dispositivo