domingo, outubro 06, 2013

E tu onde vais estar na Segunda-feira?


A somar aos cortes já previstos nas pensões agora vão também cortar nas pensões de sobrevivência. Acabou a campanha e agora não há dia em que as medidas do próximo orçamento não nos comecem a cair em cima em catadupa. Era de esperar e espero que agora finalmente se perceba que todo este folclore, a tão proclamada derrota do PSD, as vitórias pifias do PS e do PCP nada alterou. Vão continuar os cortes nos direitos, na dignidade e na vida de todos nós enquanto para os poderosos e para os mercados o banquete vai continuar.
E nós não fazemos nada?
Vamos continuar a dedilhar nos computadores a nossa zanga e frustração, vamos continuar a chamar-lhes filhos da puta quando falamos com os nossos vizinhos e, alguns, os mais aguerridos, esperar para a ir ás grandes manifestações marcadas pelos donos do protesto social? Vamos, qual maratona em dia de festa, atravessar a ponte no dia 19 com a CGTP e depois, loucura total, logo na semana seguinte desfilar no cortejo do Que se Lixe a Troika? É essa a nossa grande luta que vai mudar esta merda toda? 
A mim parecia-me normal que já estivéssemos todos na rua, a ocupar o espaço público afirmando a nossa posse sobre este país, dizendo que não aceitamos e exigindo a mudança. Não basta mudar as caras, temos que mudar tudo, o objecto das politicas transferindo-o da criação de dinheiro para colocar as pessoas como a razão principal da politica.
Amanhã (segunda feira) um deficiente tetraplégico vai iniciar uma greve de fome à Porta da Assembleia da Republica e vai ficar enquanto lhe for humanamente possível para alertar o poder das dificuldades porque estão a passar todos os deficientes ( https://www.facebook.com/events/311102049032018/). E nós, que não temos as suas dificuldades muito provavelmente viremos para casa jantar, sentar-nos em frente à televisão a ouvir todas aquelas patacuadas e depois iremos, de escrevermos por aqui algumas frases indignadas contra os bandalhos do governo, dormir nos nossos confortáveis colchões.
Pois se estão indignados porque não nos juntamos a este homem que vai sofrer em nome de outros, porque não vamos também para São bento e lhe fazemos companhia e lhe damos o apoio que ele necessita. Porque não ficamos lá de noite e de dia. Vocês não sei, mas eu amanha mal termine o meu trabalho vou para lá e lá ficarei a té ter de voltar para o trabalho no dia seguinte e isto durante os dias que for necessário. Pouca diferença farei, mas se formos muitos, se nos juntássemos aos milhares por lá e ocupássemos aquela praça. Somos assim tão comodistas, cobardes e resignados que vamos encontrar todas as desculpas do mundo para não o fazer? Para mim basta e vou. Quem desejar que se encontre lá comigo.




8 comentários:

  1. http://www.ionline.pt/artigos/portugal/corte-nas-pensoes-sobrevivencia-brutal-ataque-aos-reformados-diz-pcp


    BREVEMENTE O POVO VAI JULGAR ESTES homens E VAI SER EM PRAÇA PUBLICA ,POBRE POVO EM QUEM VOTA-TES ,QUANDO A FOME ,A DESGRAÇA A POBRESA ,OS SEM ABRIGO O SUBDESEMPREGO E O POVO NÃO AGUENTAR MAIS ...........-......PULITICOS FASCISTAS NEOLIBERAIS FD P FUJAM PARA BEM LONGE ,PORQUE O POVO NÃO OS VAI PERDOAR MAIS ...................!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. http://www.youtube.com/watch?v=FFdDHM38pu4&feature=related

    ResponderEliminar
  3. http://www.youtube.com/watch?v=fGxv0xA60Fg&feature=related

    ResponderEliminar
  4. MEUS SENHORES ESTÁ PRECISAMENTE A ACONTECER O QUE EU PREVIA ,TIRAR AOS POBRES PARA DAR AOS GRANDES EMPRESARIOS FASCISTAS EM PORTUGAL E ALGURES NA EUROPA .......ISTO SÓ EM PORTUGAL E COM ESTE DESGOVERNO QUE TUDO FAZ PARA ACABAR O TRABALHINHO ENCOMENDADO POR MAFIAS DA INDUSTRIA QUE A TODO O CUSTO QUEREM FICAR COM O MONOPOLIO EM PORTUGAL ,MESMO TIRANDO O DINHEIRO AOS QUE INFELIZMENTE JÁ NÃO ESTÃO NESTE MUNDO ,ONDE ISTO CHEGOU SENHORES ...........PARA 2014 ENTÃO NÃO SE VAI PODER VIVER EM PORTUGAL SEM PASSAR FOME ,ENTRA JANEIRO ,.......MARÇO ,POIS EM ABRIL VAI COMEÇAR O APERTO TOTAL COMEÇAM OS DESPEDIMENTOS EM SERIE ,SÓ FICANDO QUEM GANHA O ORDENADO MINIMO E POR CONTRATOS CURTOS ,PARA NÃO FICAREM EFECTIVOS ,FICANDO O TRABALHADOR COM POUCA MARGEM DE MANOBRA OU TRABALHA POR POUCO DINHEIRO OU VAI EMBORA ...........POIS ENTÃO VAI COMEÇAR A FOME MISERIA DESEMPREGO SEM TETO ,ENTÃO VAI HAVER MUITOS CRIMES E ROUBOS PARA PODER COMER ,POIS SEM EMPREGO E SEM AJUDAS DO ESTADO AS PESSOAS TEM QUE COMER
    ESTE GOVERNO NÃO SDE VAI DEMITIR ,ANTES DE ACABAREM O TRABALHINHO ENCOMENDADO POR ESSES SENHOTES .....POIS QUANDO SAIREM JÁ TEM AS LEIS FASCISTAS TOTALMENTE IMPLANTADAS EM PORTUGAL ..............TENHO DITO


    http://www.noticiasaominuto.com/ultima-hora/113274/corte-nas-pensoes-de-viuvez-compensa-borla-fiscal-para-grandes-empresas-be#.UlHgFttdZjo


    D.PARTICULAR GRANDE LISBOA

    ResponderEliminar
  5. Anónino 997/10/13 00:35

    "Que povo este!
    Fazem-lhe tudo,
    Negam-lhe tudo,
    E continua a ajoelhar-se
    Quando passa a procissão!

    Miguel Torga

    Segunda feira, estaria com vocês se morasse em Lisboa ou por aí perto, sem dúvida! Assim só posso desejar que sejam ouvidos e bem sucedidos.
    Tudo isto é de uma tristeza!

    ResponderEliminar
  6. http://www.youtube.com/watch?v=pJrtNwD_r_0&feature=related

    ResponderEliminar
  7. Orlando Braga7/10/13 10:49


    O que eu penso da esquerda marxista (existe outra?):

    1. Eu tenho experiência pessoal de vivência em dois tipos de ditadura: a última fase do Estado Novo (Marcelo Caetano), e o regime marxista da FRELIMO em Moçambique.

    2. Quando eu critico o marxismo e os marxistas, faço-o com experiência própria e com tarimba sobre o assunto. Não critico o marxismo porque li umas coisas aqui e ali: falo porque tive a experiência pessoal de viver num regime marxista.

    3. Na minha opinião, existem dois tipos de marxistas: os bem-intencionados, que podem ser caracterizados pela figura do “ingénuo” da teoria de Cipolla sobre a estupidez humana, e os filhos da puta.

    Os bem intencionados serão a maioria dos marxistas ― aqueles que não fazem a mínima ideia do que é viver sob uma ditadura marxista. Geralmente são pessoas comuns que estão convencidas de que é possível construir o paraíso judaico-cristão na Terra.

    Os filhos da puta são os ideólogos e os políticos marxistas. Estes devem ser combatidos sem quartel: ideologicamente, e se necessário recorrendo a outro e qualquer tipo de armas. O marxismo e as suas derivações revolucionárias devem ser eliminadas e extirpadas em todo o mundo.

    ResponderEliminar
  8. É sempre tempo de a população assumir a sua revolta na rua onde temos que acabar com este regime e esta ditadura de traição
    É tempo de largar os partidos e os sindicatos,todos agentes do regime que lhe paga para fazer o serviço de enganar.
    No sábado lá estava o agente arménio da CGTP na Camara de Lisboa a festejar, junto com os traidores do regime,.Saiu com ar de quem não tem vergonha de enganar .Arménio ,ÈS UMA VERGONHA,TRAIDOR!Para ti cá fora não passou nada para além de um perigoso miúdo que foi perseguido por um canalha segurança do teu patrão ,passos coelho ,enquanto tu lambias botas .Os bufos e paisanas garantem a tua porca democracia na qual vives bem .
    É tempo de reagir e cada um assumir a sua revolta, acompanhado aqueles que por iniciativa própria têm a coragem de se indignar

    astónito

    João do Grão

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo