sábado, novembro 02, 2013

Orçamento para 2014 - APROVADO


Ontem foi aprovado na generalidade mais um de miséria. Discursos para aqui, discursos para acolá, do milagre económico ao não se aguentam mais sacrifícios, cada um disse de sua justiça para no fim acontecer o que já todos sabiam que ia acontecer; a sua aprovação.
Não quero ser pessimista, mas se isto já está muito mau ainda vai ficar pior e pior ainda é que não vejo acontecer nada que mude o rumo dos acontecimentos. A oposição parlamentar faz discursos de oposição, os sindicatos protestos e greves parciais para  justificar a sua existência e o que resta prefere reclamar no facebook ou meter a cabeça na areia. Os movimentos sociais, já frágeis na sua gestação, dissolveram-se no Que se Lixe a Troika que por seu lado se diluiu na sua capacidade de apresentar alternativas. Nada, zero, nicles. Não há nada a não ser pedidos de derrube do governo e eleições antecipadas em que ninguém prevê que o próximo primeiro-ministro não seja tão incapaz como o actual. 
Perante este cenário e em conversa com um companheiro de lutas pareceu-nos necessário começar a juntar as pessoas e debater alternativas que possam ser a base para sustentar um protesto credível e com soluções. Poucos responderam até agora ao apelo mas nem que vá sozinho, no próximo Domingo, pelas 15 horas vou estar no anfiteatro do Jardim da Gulbenkian (onde são os concertos de Jazz), para pensar alternativas, estabelecer pontes, delinear estratégias e repensar o protesto e as acções a desenvolver. Quem desejar aparecer apareça quem pensar que não vale a pena pois que fique a fazer o que desejar. Eu vou porque não posso ficar quieto perante a situação e porque sim.

18 comentários:

  1. Mais um pensionista prematuro. Aos 38 anos de idade e com 16 anos de empregado do F.C. Porto , Vítor Baía acaba de requerer a Pensão a que tem direito, no valor mensal vitalício de 12.905 euros. Contudo, um trabalhador normal tem de trabalhar até aos 65 anos e ter uma carreira contributiva completa durante 40 anos. Para obter uma reforma de 80% da remuneração média da sua carreira contributiva!!!...
    E viva o sistema de reformas e pensões da esquerda que permite esta fdp e defende este «estado social». Porra porra e mais porra!

    ResponderEliminar
  2. Normalmente, os governos em Portugal, só são "demitidos", quando as espingardas saem dos quartéis...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois mas agora os srs militares estão bem na vida...acomodados,até tiveram direito a um aumento de 11%,quando a maioria dos portugueses perdeu 40% dos seus rendimentos.Já agora aproveito para dizer uma verdade escondida....os srs militares fizeram o 25 de abril não foi pela liberdade do povo ou pelos valores de abril...mas sim porque estavam a perder privilégios e benesses ... e acreditem que quando os portugueses estiverem desesperados e partirem para a violência ou manifs mais agressivas ,os militares vão ser os primeiros a dar porrada e torturar...

      Eliminar
  3. Fez ontem 5 anos que o Sócrates mais o Teixeira dos Santos nacionalizaram o BPN. Repete-se para não haver dúvidas nos autores da coisa: o Sócrates e o Teixeira dos Santos.

    ResponderEliminar
  4. Meia hora depois disso, vou dar inicio à viagem para Lisboa. Leva sempre 2 horas. Scuts e portagens a isso obrigam. Não vou estar, portanto. Espero que juntes muitos e marquem novo encontro. Há sempre alguma coisa que está pata acontecer.

    http://www.youtube.com/watch?v=WavxYtR2AqY

    ResponderEliminar
  5. ATÉ JÁ CAMARADAS .....

    http://cinema.sapo.pt/atualidade/noticias/ate-amanha-camaradas-chega-ao-cinema-no-inicio-de-novembro

    ResponderEliminar
  6. no comentário das 17:10 queria dizer-se "para", obviamente.

    ResponderEliminar
  7. O POVO UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO

    http://www.youtube.com/watch?v=90TJ6geLBlY

    ResponderEliminar
  8. ELES COMEM TUDO .......

    http://www.youtube.com/watch?v=ZUEeBhhuUos

    ResponderEliminar
  9. Tem toda a razão, mas isso, não é novidade nenhuma ...
    Sabemos, que foi uma questão "sindical"... milicianos promovidos ao quadro, etc...

    ResponderEliminar
  10. O que é terem alternativas,ou apresenta-las?Este não é o linguajar da direita??????há alternativas e, elas são apresentadas na net!!!!!!Onde?Há décadas que este Karma é usado para denegrir e levar à inação a esquerda. É somente,uma boca!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  11. Xefe,~vá ver o http://resistir.info/ Leia,leia e deixe-se de andar atrás de falsas lebres.

    ResponderEliminar
  12. Anónino 993/11/13 15:38

    Em Coimbra
    Associação de Pensionistas e Reformados
    Vigílias
    7 de Novembro, Praça da Republica das 18h às 20h
    14 de Novembro, Praça 8 de Maio das 18h às 20h
    21 de Novembro, Largo da Portagem das 18h às 20h

    APAREÇAM FAÇAM ALGUMA COISA POR VÓS E PELO PAÍS, POR POUCO QUE SEJA É MELHOR DO QUE NADA!!!



    ResponderEliminar
  13. Alternativas? Isso pressupõe: identificar onde o estado gastará o dinheiro, determinar quanto é vai gastar, identificar onde o vai arranjar. Olhando para o pib não percebo onde é que se vai arranjar o dinheiro se não houver cortes nos custos, porque mesmo que tudo fosse nacionalizado só resolviamos o problema por um par de anos, e na ressaca chamaríamos como a Coreia do Norte.

    ResponderEliminar
  14. http://viriatoapedrada.blogspot.pt/2013/11/a-tortura-de-socrates.html?updated-min=2013-01-01T00:00:00Z&updated-max=2014-01-01T00:00:00Z&max-results=50

    ResponderEliminar
  15. Vejam como cresce a dívida .

    http://akinumeros.com/estado

    ResponderEliminar
  16. Se não for da cura, será da doença, e o nosso mundo vai mudar, seja daqui a 10/20/30 anos, seja daqui a 100, mas vai, certamente mudar... O mundo, como nós o conhecemos e concebemos, vai acabar, seja devido à falta de petróleo, seja devido ao aumento das águas do mar e aquecimento global, seja porque governados por “iluminados” que ditam as regras para a escravidão do homem pelo homem (o nosso momento presente global!), mas vai mudar. A natureza tem prazos de regeneração, que não são os mesmos que os dos seres humanos... Ela tem a capacidade de esperar milhões de anos para resolver a “merda” que fazemos, mas resolve…

    Acredito que com a criação de movimentos a nível individual/local/regional/nacional/mundial, que junte pessoas com “tusa”, sem ligações ou filiações ou simpatias partidárias, poder-se-ia “atacar implacavelmente” as entidades poderosas deste país, os partidos políticos e seus aparelhos, os caciquismos, a subserviência, as mordomias, etc etc... porque não designar por “terrorismo intelectual” (não querendo ser soberba, pelo contrário), mas de pessoas com capacidade de resposta, que saibam usar as mesmas “armas” que estes “pilhos” (e não me resumo aos PSD’s, porque são todos iguais!!!!), pessoas corajosas, que vão à luta mesmo que com medo, os “Snowden’s” que vivem dentro de cada um de nós…porque neste momento, não há volta a dar, não há alternativas...

    Alguém dizia: “mais que a cidadania, a pessoa tem um dever com o planeta, nem que seja devido ao seu descendente genético"...

    TJ/P

    Ps. Sugiro humildemente, a leitura do livro “Ismael”, de Daniel Quinn

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo