segunda-feira, novembro 04, 2013

The Lone Sócrates


Quando o Sócrates perdeu as últimas eleições saiu de Portugal espezinhado e politicamente morto. Poucos ou nenhuns tinham a coragem de o defender ou dizer-se seus amigos. Depois da merda que fez e da campanha montada para o colocar como o monstro o homem parecia que tinha peçonha. Dois anos depois e uns meses de comentador politico na TV, embora poucos ainda tenham a coragem de dar a cara por ele já se sente o cheiro a medo entre as hostes do PSD. É que se o Sócrates fez muita porcaria estes são ainda mais porcalhões. O Sócrates podia e era um aldrabão, um vendido ao poder econômico e um trafulha da pior espécie mas tinha uma ideia para o país. Apostava na educação, na ciência e nas exportações. Esta bestas que lá estão agora, não só fazem muito pior em todos os aspectos como destroem o futuro   destruindo a escola e a  qualificação dos nossos jovens, a investigação cientifica e a inovação, como nos tornam num país de mão de obra quase escrava para a produção de produtos de baixo valor condenando-nos a ser o INATEL da Europa. 
E o PSD está assustado porque, mesmo sozinho, o Sócrates já lhes faz mais oposição que o Seguro com todo um partido e, não apostava com ninguém, que ele não voltará um dia a primeiro-ministro. É que comparado com o Sócrates o Passos Coelho e o Seguro juntos são mentecaptos políticos. Será que ainda um dia terei de ir reciclar os meus velhos bonecos do Sócrates? 

20 comentários:

  1. Será que ainda um dia terei de ir reciclar os meus velhos bonecos do Sócrates?

    Como a coisa vai, começo a não ter dúvidas !

    Mal por mal, antes com Pombal !

    ResponderEliminar
  2. Ele
    O Ministério Público perseguiu-o, investigou-o, promoveu fugas de informação difamatórias, fez trinta por uma linha para o tramar, começaram com um falso caso Freeport e acabaram com um mais do que manhoso Face Oculta.

    O ex-presidente do sindicato dos magistrados do MP, um latifundiário de que o Ângelo Correio disse ser do PSD, deu dezenas de entrevistas a falar mal dele, até foi a Belém queixar-se dele por supostas pressões.

    Os mesmos magistrados que agora comem alegremente cortes salariais, aumentos do horário de trabalho, cortes nas pensões e aumentos de impostos, odiaram-no só porque teve a pouca vergonha de achar que os magistrados deveriam ter as mesmas férias que os outros funcionários.

    O Mário Nogueira, que agora dá uns guinchinhos porque os professores são despedidos aos milhares, tudo fez para levar os professores a ajudar o seu governo só para evitarem a avaliação. Preferiu o despedimento, o aumento do horário de trabalho, a paralisação da modernização das escolas, a paralisação da formação profissional, o alargamento das turmas, a degradação da escola pública a aceitar a avaliação de desempenho dos professores.

    Foi atacado tudo quanto é jornalista rasca deste país, perseguido por jornais convertidos em quinta divisão do PSD, nem a TVI presidida por um ex-ministro da Economia do governo de Guterres se escapou a esta santa aliança reunida contra o seu governo.

    Foi atacado de forma menos digna por um ex-primeiro-ministro que em má hora chegou a presidente deste pobre país, sofreu ataques, sucessivas devoluções de diplomas aprovados por maiorias parlamentares e como se tudo isto não bastasse o Palácio de Belém ainda inventou falsas acusações em pleno período eleitoral.

    Foi difamado pelo agora Provedor da Santa Casa que fez surf no boato manhosamente lançado de que era gay, todos os portugueses receberam emails difamatórios prontamente multiplicados pela máquina de propaganda suja da direita.

    Foi vítima dos livrecos onde Cavaco Silva faz a recolha dos seus discursos a quem já ninguém presta atenção, isto depois de Belém ter lançado em plena campanha eleitoral a falsa acusação de estarem a ser feitas escutas a Belém, algo que nem os americanos da NSA consideraram ter alguma utilidade.

    Foi traído por ministros ambiciosos, por administradores de televisão especialistas em gestão de influências, por banqueiros sem escrúpulos que lhe recusaram crédito para forçar a vinda da troika.


    Ele é uma espinha cravada na garganta de muitos canalhas deste país, talvez por isso mesmo e terem medo dele não o conseguem suportar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora muito bom resumo do que fizeram ao homem. Eu digo mais este país de imbecis, do mal dizer e da inveja não merece Sócrates.
      Este país é bom para crápulas como o Cavaco o Passos o portas o mota soares a cristas e tenho duvidas que o povo mereça melhor.

      Eliminar
  3. O Kaos diz agora no "boneco": «...O Sócrates podia e era um aldrabão, um vendido ao poder econômico e um trafulha da pior espécie mas tinha uma ideia para o país. Apostava na educação, na ciência e nas exportações ...»
    Depois cairam logo os PS's em defesa do seu "menino" de oiro, tentando apagar os seus desastres no governo com comparações com actuais bandalhos que nos governam.
    Como disse o próprio Sócrates agora, ele tentou o que pôde para levar a coelheira para dentro do seu governo. Está tudo dito. O neo-liberalismo é o mesmo, como o defeniu Sócrates no Tratado de Lisboa.
    Quanto ao Kaos, a falar assim retroactivamente, ainda acaba por elogiar a velha Múmia de Santa Comba porque "morreu pobrezinho", como dizem algumas mentes "velhinhas".
    AlexandreB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais vale nem comentares, se não percebes que Sócrates tentou tudo mas mesmo tudo para evitar a troica em Portugal chegando ao cumulo de convidar o incompetente Passos. Mas Passos queria realizar o sonho da direita e fazer do programa da troica o seu programa indo mesmo além da troica, alias justificou o sonho da direita dos interesses com o memorando da troica facilitando o seu trabalho de destruição de Portugal.

      Eliminar
  4. Cá está um dramático !
    Sempre ouvi dizer:
    Mantém os teus amigos perto e os inimigos ainda mais perto...

    ResponderEliminar
  5. Apesar de tudo não se pode deixar de apreciar Sócrates agora que se despiu politicamente!
    Põe, em vários aspectos. a um cantinho, o passolas farsolas!
    O homem tem "pinta" tem "categoria", basta ouvi-lo na RTP e na entrevista dada ao programa Alta Definição!
    Acaba por ter sido um mal menor, e há muita gente a dizer "volta Sócrates que estás perdoado"!...
    Eu também digo.

    ResponderEliminar
  6. O ódio a Sócrates





    Se não sabem eu explico, porque é que a direita fica azeda e odeia tanto José Sócrates. Experimentem introduzir um cavalo num curral cheio de burros e vão ver que todos o mordem e escoiçam. A inveja e a frustração de saber que nunca chegarão a cavalos provoca ódios e raivas. Enquanto uns ficam frustrados e raivosos, há outros que ainda dizem que aquele burro é esquisito, pois nem percebem que se trata não de um burro, mas dum cavalo.

    Ainda anda por aí muita gente a sonhar com Sócrates debaixo da cama, mas mesmo depois de colocar o colchão no chão, não resolveu o problema, pois passou a a aparecer-lhe no teto.

    ResponderEliminar
  7. O socrates é tão bandido como o passos e todos os bandalhos traidores que fazem este regime
    Sócrates devia estar preso como todo o regime traidor
    O regime está sempre preparado...Quando sair o traídor passos ,vai para lá outro e nada melhor que um corrupto com provas dadas ,o socrates

    Vergonha de uma população incapaz

    camilo preto

    ResponderEliminar
  8. Cuidado !
    Está aqui, um assessor especialista a 4 000/mês, com todos os subsídios...
    Camilo Branco

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E acabadinho de sair da universidade a precisar de "emprego" jovem mas a ganhar muito bem!...
      Isto é só para alguns, os outros pagam e não bufam!...

      Eliminar
  9. O ódio a Sócrates





    Se não sabem eu explico, porque é que a direita fica azeda e odeia tanto José Sócrates. Experimentem introduzir um cavalo num curral cheio de burros e vão ver que todos o mordem e escoiçam. A inveja e a frustração de saber que nunca chegarão a cavalos provoca ódios e raivas. Enquanto uns ficam frustrados e raivosos, há outros que ainda dizem que aquele burro é esquisito, pois nem percebem que se trata não de um burro, mas dum cavalo.

    Ainda anda por aí muita gente a sonhar com Sócrates debaixo da cama, mas mesmo depois de colocar o colchão no chão, não resolveu o problema, pois passou a a aparecer-lhe no teto

    ResponderEliminar
  10. O Nazismo é socialista – Socialistas odeiam pobres, e fazem de tudo “pelo social”. Até fingir que vão cuidar deles.

    ResponderEliminar
  11. Apostava na educa...quê?????!!! o gajo??..miluuuu???? foda-se!...

    ResponderEliminar
  12. Santa Estupidez...País de mentecaptos...Ainda não perceberam que para um politico é facil fazer figura ( e aproveitar para roubar uns milhoes) com dinheiro que só vai ser pago depois ?

    ResponderEliminar
  13. Anónimo6/1/14 00:55

    Fascismo ou Nacional-Socialismo, para quem estuda ciências políticas e não para um militante comunista que vive de propaganda 24/7 é regime esquerdista, revolucionário e anti-capitalista, 100% hostil ao livre-mercado. O próprio partido fascista foi fundado a partir do partido socialista italiano.

    ResponderEliminar
  14. Anónimo6/1/14 00:59

    Só acho que extrema idiotice quem quer um socialista como José Sócrates, que adora tratar bem terroristas(como diz no livro dele). Está na hora de lutar por uma democracia, acabar com o modelo do centralismo democrático que está instalado em Portugal(que é um modelo Leninista e se vê até nos partidos da dita direita). Numa democracia há esquerda e há direita e não duas esquerdas de cu virado aos interesses globalistas de uma futura união soviética europeia.

    ResponderEliminar
  15. Anónimo6/1/14 00:59

    Informem-se acerca do que é uma revolução Gramsciana.

    ResponderEliminar
  16. Anónimo7/1/14 00:00

    Sócrates "apostava na Educação"?Piada da semana, não? Apostava como este aposta.... na sua destruição.

    kaosinthemarmita

    ResponderEliminar
  17. O individuo apostou foi na licenciatura (?) que ninguém viu e nas PPP das empresas amigas, mas antes já tinha apostado na Cova da Beira e no Freeport.
    Apostou tanto na despesa que o país chegou à beira da bancarrota. No fim saiu do desgoverno pela porta pequena mas muito rico. Porquê? O Kaos responda se souber!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo