sexta-feira, dezembro 22, 2006

Ceia de Natal do PSD

Contributo para o Echelon: Electronic Surveillance, MI-17

12 comentários:

  1. aminhapele22/12/06 00:26

    Pesporra:
    o LUIS escolhe no cardápio um "inteligente" de fricassé;o Borges quer antes um "franguinho" a escorrer.A Manelita é impedida de degolar o "frango" pelo Chefe de Mesa.Tenho a impressão que o Chefe só impediu o acto,para não estragar a toalha....
    Boa malha!

    ResponderEliminar
  2. aminhapele:
    Ó chefe só lhe segurou no braço porque ainda não está na hora de colocar o franganote no forno. Aquilo é para servir quente.
    abraço

    ResponderEliminar
  3. É de realçar o ar composto e extremamente profissional do maître d'hotel que impede a cozinheira de preparar a refeição na mesa.
    Enquanto isso o ar sorridente do inocente pequeno, apresta-se para escolher o repasto, desconhecendo que já está o mesmo determinado - o fricassé de frango à Argentina ( receita muito aviada em Buenos Aires).
    O conviva à esquerda tem ar de gato-pingado e aguarda o próximo funeral.

    Excelentes expressões dos bonecos!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  4. Jorge:
    Obrigado. O Franganot com o tamanho que tem não vai dar uma refeição para muita gente. Mas, que os outros três estão ali para comer isso é certo
    abraço

    ResponderEliminar
  5. bem... para ser mais realista eu poria o Mendes vestido de Peru com uma maçã na boca...

    e o menezes (mais os seus duzentos emuladores no PSD) a trinchar o bicho.

    ResponderEliminar
  6. Acho que o Marques Mendes não chega ao Natal...
    Um Abraço.

    ResponderEliminar
  7. ele devia-o estar a ver como ao perú... :)
    jinhos

    ResponderEliminar
  8. Ó pra eles. Que bem afivelados os "capi" da Camorra.

    ResponderEliminar
  9. Rui Martins:
    Ainda veremos o Mendes a dizer "Também tu Manuela"
    abraço

    ResponderEliminar
  10. Outsider:
    Facas apontadas às suas costas não faltam. Só falta ver quem dá a primeira punhalada.
    abraço

    ResponderEliminar
  11. tb:
    Duvido que aquilo seja para comer. Deve ser muito amargo.
    Vendo bem o Sócrates tem andado a come-lo durante todo o ano por ser muito tenrinho.
    bjs

    ResponderEliminar
  12. Padrinho:
    E não há por ai um Juiz que deite a mão ao "polvo".
    abraço

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo