domingo, fevereiro 22, 2009

A DREN anda a brincar ao Carnaval

Carnaval

Os professores do Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura desfilaram hoje, ao lado dos alunos que festejavam o Carnaval. Mas vestidos de negro, amordaçados e com as mãos presas por correntes, como forma de protesto contra a Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) que, contrariando uma decisão do Conselho Pedagógico, lhes ordenou que acompanhassem as cerca de 400 crianças do pré-escolar e do 1º ciclo do Ensino Básico, pelas ruas da sede do concelho.
Estava previsto que os alunos festejassem o Carnaval no espaço escolar, mas a decisão desagradou à Associação de Pais e à Câmara Municipal, que reclamaram a realização do habitual cortejo. Foi assim que, depois de um braço de ferro que se prolongou pelos últimos dias, a DREN reiterou a ordem dada a presidente do Conselho Executivo do agrupamento para que convocasse os professores para a realização do cortejo.
in "Publico"

Haja decência e mande-se essa “coisa” da DREN dar aulas. Ditadorezinhos de um raio que assumem que o poder lhes dá o direito ao autoritarismo e à ameaça. Um bom manguito é o que ela merece.


13 comentários:

  1. Eu recebi esses mails ontem e com eles uma enorme vontade de vomitar perante o cheiro tão intenso da merda.
    Estou simplesmente indignada.

    ResponderEliminar
  2. Continuo a dizer, ponham-lhe um processo por abuso de poder.
    Não doi nada e ela vai "pastar" para outro lado!

    ResponderEliminar
  3. Como é que ela pode ir para uma escola se nem escrever sabe?
    O único trabalho que eu posso recomendar para a dita é o de ir catar lixo.

    ResponderEliminar
  4. Em vez de brincarem ao Carnaval deveríam explicar assuntos sérios. Ora expliquem lá se fazem favor:
    A questão da reforma dos professores têm-se resumido a dar a trazer a público quantos se reformam por ano. Trata-se de atirar poeira para a opinião pública. O que se passou com a legislação produzida por este governo é uma vergonha. Combinaram com os sindicatos que alguns professores teríam direito a aposentação mais cedo que o anteriormente previsto (aos 52 anos) com o vencimento por inteiro. Para os restantes a penalização será de 4.5% por cada ano de antecipação tendo os 65 anos como referência e após 2013 a penalização será de 6.5%. Por isto é que as notícias são o que são. Um escândalo que merece publicitação!

    ResponderEliminar
  5. Mais uma vez a vontade da "Hipopótama vingou!
    O que eu acho graça neste país, e não só neste caso, é como esta gente e outra da laia não levam uma sova num qualquer beco escuro!
    Um pé de cabra num cotovelo ou num joelho, é melhor que uma bala nos ditos chavelhos, embora a segunda hipótese fosse radical, mas de muito menor sofrimento!

    ResponderEliminar
  6. Vale a pena ler, a propósito, a carta desta "girl" publicada em http://servir-o-porto.blogspot.com :

    CARTA DA DIRECTORA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO NORTE (Ipsis verbis)

    Exm.ª Senhora Presidente do Conselho Executivo do AE Territorio Educativo de Paredes de Coura:

    A confirmarem-se as notícias vindas a publico sobre a suspensão de actividades previstas no Projecto Educativo e no Plano de Actividades dessa Escola, e na salvaguarda primeira das obrigações da esola - cumprir a sua missão de processos de socialização e de aprendizagem para os alunos, razão central porque definiu as actividades de Carnaval nos documentos de acção educativa anteriormente referidos.
    Tomando por base estes pressupostos, determino:
    1. o cumprimentos das actividades com os alunos previstas para esta época;
    2. o envio a esta DRE de um memorando clarificador dos problemas que têm vindo a ser denunciados pelas estruturas representativas;
    3. Sendo certo que muitos docentes não se aceitam o uso dos alunos nesta atitude inaceitável, acompanharemos de muito perto a defesa do bom nome da escola dos professores, dos alunos e de toda a população que muito tem orgulhado o nosso país pela valorização que à escola tem dado.

    Margarida Elisa Santos Teixeira Moreira

    ResponderEliminar
  7. [Os professores são] arruaceiros, covardes, são como o esparguete (depois de esticados, partem), só são valentes quando estão em grupo!” Margarida Moreira, directora-geral da Educação no Norte, em Viana do Castelo, em 28 de Novembro de 2008.

    ResponderEliminar
  8. Confesso que não estou nada a par deste caso. O que aconteceu, afinal?

    ResponderEliminar
  9. Já agora, o anónimo podia dar o link para algum site ou outra referência qq, relativamente ao caso das reformas. Eu estou interessado em me esclarecer, nomeadamente no que se refere à reforma por inteiro aos 52 anos. Os outros casos, penalizações, já eu conheço. Estou curioso.

    Em relação a essa gaja, tenho pena que ela não seja árbitro de futebol. Se fosse jáa teria levado um enxerto, como não o é, a malta consente. Cá no burgo e, infelizmente, não só, o pessoal só se indigna com as injustiças do futebol.

    Também NÃO me admiro com o silêncio dos sindicatos. P. Q. os P. a TODOS!!!

    ResponderEliminar
  10. Bem, despeço-me por aqui, já que ninguém se digna explicar-me o que aconteceu. Vou tirar outra licenciatura, talvez aí... quem sabe...

    ResponderEliminar
  11. Peguem numa moca e,dêem-lhe uma queixa-porra nos cornos uma vez que é uma megéra.

    ResponderEliminar
  12. Pior que o Chefe, só mesmo os seus ajudantes! Na ânsia de agradar aos seus donos, acabam por fazer ainda mais do que lhes é pedido!

    ResponderEliminar
  13. Vá, professorzecos da treta! Continuem a fazer figura de palhaços! Continuem a fazer visitas de estudo, passeios, festinhas de natal e de páscoa. Se todos tivessem coragem para entrar numa grave de zelo arredando-se dessas actividades não obrigatórias , talvez outro galo cantasse.

    ABRAM OS OLHOS !!!!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo