quinta-feira, maio 28, 2009

A Precária de um Oliveira e Costa

Paulada

Dias Loureiro mentiu quanto ao encontro com o ex-vice-Governador do Banco de Portugal, António Marta, Joaquim Coimbra foi o grande coveiro do Grupo SLN e do BPN e Cadilhe "lavou as mãos como Pilatos". Foram estas as afirmações de Oliveira e Costa, antigo presidente da SLN e do BPN.

Dias Loureiro já se demitiu do seu cargo de Conselheiro do Estado pois as pressões para isso estavam a tornar-se fortes de mais e saídas direitinhas de Belém. Esperemos agora para ver se não volta a desaparecer num nevoeiro da comunicação social e só o veremos durante algum tempo escondido em cantos de salas onde se reúne o poder económico deste país. Experiência disso não lhe falta.

6 comentários:

  1. Mas para que é que serve o conselho de estado?? Alguém dá pela falta da coisa se desaparecer??
    Porreiro: o dias loureiro foi com a água do autoclismo.
    E os outros??
    O pinóquio? o coelhone? e o mário pai da ocidental república campeã da corrupção?...
    Só 3, repare-se bem 3!!!!!, conselheiros estavam na eminência de se demitir se o tipo não se demitisse, o que é revelador do nível da gente que por lá anda...
    Já agora, o oliveira e costa é para ser levado tão a sério como o cantiflas...

    ResponderEliminar
  2. Essa gente devia ir fazer companhia ao Oliveira Costa (não existe 'e',seg. Nuno Ramos de Almeida-o 'e' é para dar cagança.

    ResponderEliminar
  3. E o alberto joão jardim,essa eminência da corrupção atlantica?

    ResponderEliminar
  4. O jardim também tem assento no conselho de estado...

    ResponderEliminar
  5. Este conselheiro de estado, DLoureiro, e outros deviam estar presos. Têm todos "Rabos de Palha" assim como o sr PR. Curiosamente quando foi interrogado via-se mesmo que estava a mentir por todos os poros. Deve ser uma nova raça de Verme sem ofensa para estes que quando nascem já o são....

    ResponderEliminar
  6. Dias Loureiro é um grande entre grandes. Dias Loureiro é dotado duma vontade inquebrantável, duma claridade luminosa nos princípios, que o fazem ser sempre imune a qualquer injustiça. Ele voa muito alto e está muito acima destas muito infames urdiduras.
    Dias Loureiro é um ser impoluto, duma grandeza rara, dum espírito elevadíssimo, que lhe conferem uma dignidade e honra inatacáveis, uma resiliência estupenda e majestática. Ele será sempre recordado pela bondade da sua Nobre Alma, pela generosidade dos seus elevados princípios humanistas, pela mais escrupulosa rectidão de todas as suas acções. Ele saberá resistir perante todas as ofensas, a todos ignominiosos opróbrios, como estes agora. Qualquer ataque à sua pessoa assemelhar-se-á pífio, gratuito e descabelado. Porque Ele estará sempre entre nós, pugnando pelo que é Justo, pelo que é Límpido, por um Ser Maior, fazendo a todos a prova do Caminho.
    Bem hajas Dias Loureiro pela tua Nobre Elevação e pela tua Intocável Conduta.
    Bem hajas Dias Loureiro por todo o Bem que fizeste por nós, pobres portugueses, ingratos e pecadores.
    Que Deus te dê toda a força para que aguentes estas duríssimas provações, estes vilíssimos ataques.
    Que sejas para todo o sempre reconhecido pelo teu Imenso Valor.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo