terça-feira, setembro 01, 2009

A fantasia do poder

Estratégia eleitoral 2009

Também o BE não soube, ou não quis, protagonizar a possibilidade de uma união de esquerda para estas eleições. Entusiasmado pelo resultado eleitoral das europeias parece acreditar que chegar ao poder é uma questão de tempo e sobretudo que não falta muito. Esquece que o seu eleitorado não tem, nem a fidelidade nem a cultura politica do eleitorado do PCP pelo que é muito mais volátil. O Louça parece acreditar que pode lá chegar, mas possivelmente vai pagar cara essa fantasia. Com muitos dos votantes no PS zangados com os Socretinos, esta era a oportunidade da esquerda que será perdida mal o PS corra com esta liderança e volte a enganar esses eleitores com um discurso de socialismo democrático. O mal de quem quer dar um passo maior que a perna.

7 comentários:

  1. Ora, toma!

    (http://apitocombloguio.blogspot.com/2009/09/mais-um-premio-para-o-apito-combloguio.html)

    ResponderEliminar
  2. Ora toma lá 1 prémio!

    http://apitocombloguio.blogspot.com/2009/09/mais-um-premio-para-o-apito-combloguio.html

    ResponderEliminar
  3. Anónimo1/9/09 20:51

    Concordo plenamente...
    É uma pena que, devido a algumas questões marginais, a verdadeira esquerdsa deste país não se una para, de uma vez por todas, levar isto para a frente com os políticos mais preocupados em governar do que em governar-se.
    MADR

    ResponderEliminar
  4. De facto

    os espelhos distorcem a realidade

    e a vida

    mais tarde ou mais cedo

    vai demonstrar isso mesmo

    Também lamento

    ResponderEliminar
  5. Anónimo2/9/09 01:02

    O que é o BE?

    O BE beneficia de muita adulação e ilusionismo que lhe proporciona a comunicação social dos senhores do sistema.

    E, por isso, apresenta-se ao eleitorado sem se definir. Mais, quer os votos para depois o fazer.

    Quem o diz é Daniel Oliveira, que não pode ser acusado de anti_BE:

    Quem o diz é Daniel Oliveira, que não pode ser acusado de antipatia com o BE:



    "O seu crescimento eleitoral obrigará a escolhas difíceis e internamente dolorosas"



    "Depois da alegria da vitória, virão tempos difíceis. Apenas uma coisa é certa: a nebulosa de uma escolha por fazer não poderá durar muito mais tempo."



    No Expresso de 29 de Agosto de 2009

    Não é lá uma atitude muito honesta. E, nesse aspecto, é fazer o mesmo que se critica no PS; PSD E PP.

    ResponderEliminar
  6. Discordo plenamente ... Ainda bem que o BE mantém a sua integridade.

    Bjos,
    M.

    ResponderEliminar
  7. Discordo do último comentário: ao BE falta-lhe é integridade. Tenho respeito por alguns dos seus militantes (entre os quais NÃO se encontra Daniel Oliveira) mas seria incapaz de votar BE, é um partido em que simplesmente não posso confiar o meu voto.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo