quinta-feira, outubro 22, 2009

O Inquisidor

 Inquisidor

Mário David, deputado do Parlamento Europeu, eleito nas listas do PSD, incentivou José Saramago a abdicar da cidadania portuguesa e confessou ter «vergonha de o [José Saramago] ter como compatriota». Para Mário David, «a outorga do Prémio Nobel (...) não lhe confere a autoridade para vilipendiar povos e confissões religiosas», razão por que diz ter «vergonha» de ter Saramago «como compatriota».

Pelos vistos o PSD “afina” mesmo com o Saramago. Já em1992, o subsecretário da Cultura, Souza Lara, vetou a candidatura do romance "O Evangelho Segundo Jesus Cristo", de José Saramago, ao Prémio Literário Europeu, justificando tal decisão dizendo que a obra não representava Portugal mas, antes, desunia o povo português. Agora é a vez deste tal Mário David, que pela galeria de fotografias da sua página na internet anda muito mal acompanhado com gente como o Berlusconi, Durão Barroso e até o Papa, se vir armar em Inquisidor recusando a liberdade de cada um dar a sua opinião sobre seja lá que assunto for. Quem desejar dizer-lhe o que pensa pode faze-lo aqui : http://www.mariodavid.eu/contactos
Eu já lá fui.

6 comentários:

  1. Puta de graça.Nunca o mandaram pró caralho?

    ResponderEliminar
  2. A ordinarice do Saramago faz par com a estupidez dos que o comentam.
    O gajo é um burguês idiota -tinha bilhetes gratuitos em 2ª classe no comboio e pagava em 1ª para não ir ao pé do povinho. O gajo que era um mero tipógrafo! com nojo do povo? Grande esquerdista!

    Já o outro livro o evangelho é um plágio/versão actualizada de um livro dos anos 70 chamado «o 13ª rolo». Nada de novo portanto. Só a ignorância dos portugueses sobre a literatura anglo-saxónica é que permitiu que a tese passasse por novidade.

    Tb sabemos que um autor não o pôs em tribunal, por plágio, pq o considerou um velho senil, logo inimputável.

    Quanto á escrita não gosto e é de má qualidade técnica. Só alguns idiotas, que pensam ser muito esquerdistas é que lançam estas atoardas e auto-excitam-se com «epanuir le bourgois» (não sei se está bem escrito). E depois há idiotas que respondem.

    ResponderEliminar
  3. "...se vir armar em Inquisidor recusando a liberdade de cada um dar a sua opinião sobre seja lá que assunto for."

    Exacto!

    A liberdade de opinião também é extensisa ao Sr. Mário David.

    Essa de bater na Santa Igreja Apostólica Romana é do século passado.Não batam mais no ceguinho!

    As revoluções Republicanas e as vermelhas também já lá vão...

    Não faço conta do que diz o Sr. Saramago, toda gente sabe o que ele é e defende, além se ser um cultor do mais puro capitalismo aqui na versão de marketing!

    Quem não o conhece que o compre!

    ResponderEliminar
  4. Inventa-se cada coisa quando se tem raiva!!!
    O homem é ateu e comunista! E depois? Não gostam dele e se acreditam que com isso o homem vai arder no fogo eterno, fiquem felizes com isso!

    ResponderEliminar
  5. O Saramago já paga renda pela Casa dos Bicos? ou continua com o assento para a Fundação à borla, e é mais um a foder o dinheiro dos contribuintes em Lisboa...
    As suas qualidades como vendedor de banha da cobra são fantásticas. Marketing à borla para o novo livro ao malhar na Bíblia. Boa! Malhar nos católicos dá sempre tempo de antena, e não trás consequências. Fico à espera de o ver malhar no Corão... será que tem tomates para isso?

    ResponderEliminar
  6. Patrisse3/5/11 00:58

    A qualidade dos comentário que acima acabo de ler é indigna de ser
    posta na Net. Ela atesta bem o tipo
    de pessoas que os fazem. Dementes, burros,traidores, feios porcos e maus fazem de Portugal o que ele é
    na sua triste actualidade. Peço aos responsáveis do blog que deitem para o lixo estes comentários indignos da lingua de Fernando Pessoa. E, se possivel, metam também no caixote do lixo estes comentadores. Não valem nem a água que bebem.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo