domingo, janeiro 30, 2011

Fome de poder


Outro facto que aconteceu esta semana foi a proposta feita pelo Paulo Portas ao Passos Coelho de unirem já os trapinhos numa coligação para chegarem ao governo. O Passos Coelho, que vive o dilema de saber se consegue ter uma maioria absoluta sem ter de repartir o poder ou se vai mesmo ter de o partilhar com o CDS, recusou afirmando que alianças, só depois das eleições.
Esta gente parece considerar que o "Pinóquio" Sócrates já está derrotado, mas parece-me que o estão a sub-avaliar. É que o homem é um "vendedor de banha-da-cobra" e uma insaciável fome de poder.

2 comentários:

  1. Quem não percebeu ainda que andam todos ao mesmo??
    O que vão fazer muitos deles se a
    merda do poder lhes falta??
    O Povo que se lixe e que se cuide!
    Actuam como se tivessem TUDO na mão
    esquecendo-se que TUDO, MAS TUDO tem princípio, meio e fim!
    Nem percebem que já não têm credibilidade nenhuma tão "cegos"
    que estão!...
    Que gentinha nojenta!...São como ABUTRES!

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  2. Sim, estão muito enganados, se pensam que o Sócas se deixa arrumar assim para o lado... É o deixas!!!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo