segunda-feira, janeiro 31, 2011

Um espantalho em Belém


Há momentos em que nos sentimos como se nos deslocássemos entre diversas dimensões em que o que é num lado no outro não existe. No mesmo dia em que ouvi o Presidente Obama fazer um discurso sobre a revolta libertadora que está a acontecer no Egipto, ouvi o nosso Sr. Silva dizer que tínhamos que compreender que como presidente não devia fazer comentários a esses acontecimentos. Claro que a afirmação do Cavaco foi anterior ao discurso do Obama, pelo que se lhe perguntarem agora talvez o Presidente de Portugal já tenha alguma coisa a dizer. Pelos vistos neste seu segundo mandato continua igual ao que foi no primeiro; fingido, fugidio, medroso e incapaz de assumir uma posição. Continua a ser um "espantalho" no Palácio de Belém, continua a não servir para nada.

2 comentários:

  1. Adorei este post.
    Mais como é possível escolher entre um bêbado e um doente de Alzheimer que está xexé de todo e não dá uma para a caixa?
    Não tenhamos dúvidas que antes de Maio temos eleições e para escolher entre Sócrates o Passos?
    Isto porque o povo português anda cego e ninguém vai ter a maioria.
    Estamos f....

    ResponderEliminar
  2. Claro que vai continuar!!!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo