sexta-feira, julho 15, 2011

Desvio Colossal


"Desvio colossal" disse o Passos Coelho. Onde é que eu já ouvi isso? No Durão Barroso, no Sócrates, já se tornou um hábito sempre que o governo muda de cor assim como também o alterar um promessa eleitoral em castigo e aumento de impostos. As contas nunca são o que se imaginava e são sempre muito piores. Quem paga? Nós, o Zé povinho que não tem a coragem de lhes fazer um manguito na cara. Paga, cala e ainda muitos, zangados com quem se queixa, ainda recitam, com o ar de quem é muito sensato e inteligente, a homilia do tem de ser, da "mea culpa", que lhes é impingia todos os dias em todas as televisões. Este, que tem a bengala da Troika para se desculpar, ainda quer mais, que tinha dito que não se desculparia com o passado para fazer o que tem de ser feito, já tem o seu "desvio colossal" para poder justificar o PEC 6.

3 comentários:

  1. E quando todas as desculpas tiverem gasto, voltamos ao velho, a culpa é dos portugueses que não querem é trabalhar, a culpa é dos portugueses que não teem habilitações e conhecimentos técnicos, etc etc.Mas olha kaos, tenho pena de ter nascido num país de eunucos.Nada mais há a dizer.

    ResponderEliminar
  2. Nem mais.Tem sido sempre essa a retorica, que têm utilizado,os que nos têm desgovernado,desde Soares a Passos.É baralhar e voltar a dar e roubar a quem trabalha para dar a quem explora.Mas o Zé até gosta,porque vota sempre nessa escumalha.Até quando?!.

    ResponderEliminar
  3. afinal não foi só este ano que o pessoal se deu mal com a matemática em todos os governos as contas falham é um problema de matemática que já vem de longe. MAS SABEM SOMAR! SOMAR DIVIDA, SOMAR IVA EM CIMA DE IMPOSTO AUTOMÓVEL, EM CIMA DE IMPOSTO PETROLÍFERO, EM CIMA DE TAXA DE RADIODIFUSÃO, SOMAR SOMAR SOMAR AS CONTAS DOS GOVERNANTES Á CUSTA DO POVINHO

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo