sábado, outubro 01, 2011

O Monopólio do Isaltino


Isaltino Morais, presidente da Câmara Municipal de Oeiras, foi detido esta quinta-feira ao final da tarde pelo Grupo de Investigação Criminal da PSP, no cumprimento de um mandado de detenção emitido pelo Tribunal de Oeiras, e foi conduzido à cadeia anexa às instalações da Polícia Judiciária, em Lisboa.
O autarca deverá agora iniciar o cumprimento da pena de dois anos de prisão efectiva confirmada pelo Supremo Tribunal de Justiça.
Recorde-se que depois de em 2009 ter sido considerado culpado pelos crimes de corrupção passiva para acto ilícito, fraude fiscal, abuso de poder e branqueamento de capitais, Isaltino Morais recorreu da sentença que viria a ser reduzida pelo Tribunal da Relação de Lisboa de sete para dois anos de prisão.

Há anos que espero por ver este dia. A espera já me ensinou a não lançar logo os foguetes porque as festas da justiça são muitas vezes adiadas. Pode só dormir uma noite na choça e de manhã o advogado tirá-lo de lá, mas já esteve lá dentro, desta vez não como Presidente da Câmara em visita oficial, mas do outro lado, o dos residentes. Já vai ficar com o sabor e com o cheiro do que poderão ser alguns meses da sua vida próxima.

2 comentários:

  1. Lá vai o Zé Otário contribuinte pagar mais uma indemnização!!!

    ResponderEliminar
  2. coitado quem o ouve é um santo bendita comunicação social que se não o faz santo faz mártir se repórteres e fotógrafos se cagassem para ele está merda de país poderia ser diferente mas logo foram investigar por que o honestinho foi preso se fosse um outro qualquer bem se tavam cagando se podia ser preso ou não 2 ANOS DEVIA ERA ESTAR LÁ 20 E SER ENRABADO DE 10 EM 10 MINUTOS CAMBADA DE FILHOS DA PUTA

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo