sexta-feira, novembro 18, 2011

Um Santissimo Mercado


O ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, anunciou hoje no Parlamento que Portugal vai encerrar sete embaixadas, quatro vice-consulados e um escritório consular. As embaixadas portuguesas que vão ser desactivadas são Andorra, Bósnia-Herzegovina, Estónia, Letónia, Lituânia, Malta e Quénia.
"A Associação República e Laicidade manifestou a sua estranheza por se manter quer a embaixada da República portuguesa na Santa Sé quer o posto de embaixador permanente junto desse governo". A associação salientou, que Portugal mantém outra embaixada na cidade de Roma, pedindo assim a Paulo Portas para esclarecer "a efectiva relevância das relações comerciais com a Santa Sé e a justificação para a continuidade desta desnecessária duplicação de meios".

Deve ser na esperança que aconteça algum milagre que resolva os problemas da nossa economia ou então para lhes vender Santinhas de Fátima
.

2 comentários:

  1. Já que somos tão europeus porque não deixar de haver embaixadas dos diversos paises da Uinão Europeia e passar a haver uma so embaixada da UE onde todos os cidadãos da União euripeia pudessem tratar dos seus problemas

    ResponderEliminar
  2. Logo em Andorra, onde há tão poucos Portugueses...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo