quinta-feira, dezembro 29, 2011

Um manual de pirataria


O plano de resgate financeiro da Madeira, que envolve um empréstimo cujo valor Alberto João Jardim não quis revelar, implica a transferência da gestão da dívida pública da Madeira para o Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público, proibindo a região de mais endividamento. Todos os impostos pagar pelos contribuintes madeirenses passam a ser equiparados aos aprovados a nível nacional, de que resulta um agravamento médio de 25%. “É o acordo possível, mas sem este acordo seria pior porque estava em causa a sustentabilidade da dívida pública”, afirmou.

Os Madeirenses têm culpa de estarem onde estão porque elegerem repetidamente o Bicho da Madeira, mas quem são os verdadeiros responsáveis por aquilo que foi feito. Quem gastou fortunas em propaganda, festas, inaugurações, quem controlou a comunicação social, quem usou os dinheiros públicos a garantir vitórias eleitorais, quem impôs um "défice democrático" na Região, quem fez negócios chorudos, quem foi beneficiado, quem enriqueceu rapidamente, quem, quem, quem. A coisa está fresca, é possível apontar os culpados, politica, administrativamente e até criminalmente se houvesse vontade para isso. É possível porque eles estão lá e tem nomes e caras, mas lá como cá, uns servem-se e empanturram-se com aquilo que é de todos, mas na hora de pagar é aos cidadãos que entregam a conta ainda os acusando de viverem acima das suas possibilidades. Estas dividas não são nossas, são daqueles que geriram mal os dinheiros públicos e dele se serviram. Eles que a paguem.

2 comentários:

  1. Os capitalistas fomentam o capitalismo, este fomenta e fabrica ladrões.

    Pelo rectângulo cada um vai pagar sem juros à Troika - 7.300 €.

    Na ilha cada ilhéu vai pagar também sem juros - 23.000 €

    Pergunto:
    O/os responsáveis não deveriam ser engavetados e julgados?
    Isto não é irresponsabilidade?

    O bicharoco da Madeira com a conivência dos vários presidentes e 1º ministros, gastou dinheiro que não fazia conta de o pagar. Há uma freguesia no concelho do Machico com 1.200 habitantes que tem 8 (oito) campos de futebol relvado sintético. Já agora, leiam o livro - Suíte 605.

    ResponderEliminar
  2. o costa não faz fogo de artificio na praça do comercio deve ser para poupar uns euros e mandar para o cabeça de porco do AJ

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo