quinta-feira, março 01, 2012

Festa é festa e paga pelos outros ainda é maior


A secretária Regional do Turismo e Transportes, Conceição Estudante, na conferência de imprensa em que divulgou o programa das festas de Carnaval, tinha afirmado que o governo regional iria investir este ano 283 mil euros. Tratava-se, frisou, de uma redução de 15% em relação a 2011, justificada com as medidas de austeridade e do Programa de Ajustamento Económico e Financeiro assinado pelo governo regional, para obter um financiamento de 1500 milhões de euros, necessários par fazer face aos encargos decorrentes de uma dívida superior a 6500 milhões.»
«O Governo Regional da Madeira gastou 502 mil euros na festa de Carnaval, quase o dobro do valor anunciado. Só os oito grupos e escolas de samba que desfilaram no sábado custaram ao executivo madeirense um total de 234 mil euros, de acordo com as resoluções ontem publicados no Jornal Oficial da região. A este montante há que juntar 210 mil euros (sem IVA), do ajuste directo à Luzosfera para as iluminações decorativas, e 24 mil euros do apoio logístico ao sistema de som fornecido pela Art of Sound.

Que mais se pode dizer disto? Talvez que é uma espécie de um outro BPN ao ar livre para pagarmos. Nós e os Madeirenses.

1 comentário:

  1. Iih, quem diria esse gajo, um palhaço, com uma piroca assim de liga e quase ferro ...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo