sexta-feira, maio 04, 2012

As insónias do Miguel Relvas


De acordo com dados do Eurostat revelados, esta quarta-feira, Portugal chegou ao final de Março com uma taxa de desemprego de 15,3 por cento, a terceira mais elevada da União Europeia e que representa uma subida de três décimas em relação a Fevereiro. «São números preocupantes. O desemprego tira-nos o sono e é muito motivador para o trabalho que estamos todos os dias a desenvolver», disse Miguel Relvas.

Se ao governo estes números tiram o sono imagine-se o que não fazem a quem está desempregado e àqueles que já se vêm a contribuir para o novo máximo que vai inevitavelmente ser batido em Abril, em Maio, em Junho,...em Dezembro ou em Janeiro.  Mais dia menos dia ainda vão implementar mais uma medida que facilite os despedimentos e a precariedade ou que aumente o número de horas de trabalho em nome ao combate ao desemprego.

3 comentários:

  1. Anónimo4/5/12 18:01

    Coitados dos membros do "seu governo" e dele próprio!
    Não dormem a pensar nos "pobrezinhos" dos desempregados!
    Tenho uma pena imensa de não dormirem! Que se "encharquem" em
    alprazolam e outras coisas do género e já agora, também em
    estricnina, assim dormem de vez e deixam de "chatear" o povo!

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  2. Anónimo5/5/12 21:43

    OH pa já passou dos 14% é melhor avisar o anibal senão depois ele não sabe de nada

    ResponderEliminar
  3. Cito Relvas, mas não sem antes remover a falsidade:

    "O desemprego [...] é muito motivador para o trabalho que estamos todos os dias a desenvolver"

    E para que não digasm que estou a ser má língua, lembro que as teses MONETARISTAS e da DESTRUIÇÃO CRIATIVA, em que Gaspar acredita, preconizam um choque económico como este, com subida do desemprego, falências, descida de salários, dizendo eles que é como as queimadas, depois a seara cresce mais viçosa...

    Eles acreditam nisto, portanto nós DISPENSAMOS A MENTIRA. Digam a verdade, se têm coragem para tal.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo