sexta-feira, maio 11, 2012

Os Espremidos


Infelizmente nas brincadeiras destes dois os entalados são sempre os mesmos; os que não podem fugir e que menos têm.

4 comentários:

  1. Estes dois podiam fazer uma ménage à troi + um, o Cavaco. Com a carinha de parvo de um e a incompetência dos dois, dava um bacanal do caralho.

    ResponderEliminar
  2. Desconfio bem caro Kaos que já não há muito para entalar. E isso é um problema extra, com o qual não se contava à partida.
    É ver a quantidade de empresários que estão a fechar as portas, mas nem todos as fecham por insolvências mais ou menos manhosas... o que está a acontecer é que as pessoas não estão mais para aturar estes desmandos políticos, estão a começar a ficar fartas de contribuir para um sistema que é contra quem lhe dá sustento e sentido.
    Aqui perto da minha terra, no meu distrito, um empresário da hotelaria fechou o seu restaurante e na vidraça do estabelecimento colou um autocolante que diz em letras grandes, «Este restaurante fechou por causa das portagens na A28n e consequente deserção de clientes, do aumento do gáz, da electricidade, do IVA de 13 para 23, das taxas de retenção de IRS, etc, etc, etc,... quando os senhores governantes ganharem juízo, terei todo o gosto emreabrir o restaurante e recomeçar a trabalhar coma alegria de sempre.»

    Penso que isto é sintomático e resume na perfeição o que vai nas almas de tantos outros emnpresários. E se este governo ou outro qualquer continuar a apertar, mais casos destes irão acontecer.
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  3. É bem verdade, caro Skedsen. O país real está a fechar, a marcha acelerada. Tudo isto era previsível, pois conhece-se bem de exemplos anteriores (Argentina e Grécia, por exemplo) qual o resultado final da aplicação de medidas de austeridade draconianas.

    Na noite passada sonhei que estava na praia, num dia idílico de Verão e rodeado de familiares e do povo deste nosso país. Na rádio, ouvia-se "[político que fala inglês com sotaque flamengo, não era Van Roumpoy] disse que a Nação Portuguesa estava prestes a dar o último suspiro." Olhei para o mar convidativo, azul, e dei um mergulho no Oceano. Logo me senti reconfortado. Logo se evaporaram as palavras do político europeu do norte.

    Acordeu logo de seguida (por isso me lembro de todos os detalhes) e muito bem disposto. "Bom...", pensei depois, "um sonho a cores! certamente que quer dizer algo importante!"

    Vos digo agora, do fundo do coração, que eles não podem compreender. Eles não podem compreender a alma portuguesa. Eles não podem compreender que não conseguirão quebrar a espinha ao nosso país com burlas e mentiras.

    ResponderEliminar
  4. Angela Merkel11/5/12 17:00

    Ihr seid verdammt Kommunisten, sollten alle nach Nordkorea abgeschoben werden.
    Sokrates war ein Sozialist, der Beschäftigung zu dieser Spion gab!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo