sábado, maio 12, 2012

A PRIMAVERA GLOBAL é já hoje


Faltam poucos dias para este blog fazer seis anos e meio e até hoje nos seus 3224 dias de vida nunca houve um em que não aqui tenha vindo para dizer alguma coisa ou pelo menos publicar os meus bonecos.
Depois desta pequena introdução quero dizer que durante uns dias, pelo menos entre hoje e dia 15 este blog vai estar parado para eu poder participar activamente nesta Primavera Global que vai ligar numa mesma indignação e grito de mudança quase 400 cidades por todo o mundo. Vivendo nos seus arredores é na minha cidade de Lisboa que estarei nos próximos dias. Às 14 horas vou participar na Manifestação que sairá do Rossio em direcção ao Parque Eduardo VII onde espero que muitos se juntem a debater livremente a democracia, o futuro em todos os seus aspectos, da Divida ao Serviço Nacional de Saúde, da Educação à falsa informação, do consumismo às novas formas de relacionamento e partilha. Espero que por lá haja música, jantares comunitários, alegria e o desejo de ocupar aquele espaço e criar ali uma nova forma de estar. Sei que já existem mais de 50 actividades previstas para estes quatro dias, que vão dos debates de ideias, ao Yoga e até um espaço dedicado às crianças. Espero que tudo isso seja só o inicio e que muitos mais se juntem e partilhem ideias, musica e tudo aquilo que desejarem. O espaço será de liberdade estará aberto à participação de todos para poderem partilhar tudo aquilo que desejarem. A mudança faz-se criando, saindo do conforto dos nossos lares e ocupando as ruas e os parques.
Vamos, por isso, todos à manifestação e depois acampar no Parque Eduardo VII.
Para os interessados aqui deixo alguns links.

 APELO
A Primavera Global está mesmo a chegar...e não somos apenas uma andorinha! Somos já mais de 40 países, mais de 350 cidades no mundo, 7 cidades em Portugal - Faro, Évora, Lisboa, Santarém, Coimbra, Porto e Braga. E todos os dias este número cresce...

Em vários locais do país teremos manifestações/concentrações no dia 12 de Maio e haverá um conjunto de iniciativas em espaço público que farão destes dias um imenso e descentralizado Fórum de Ideias na Rua (debates, concertos, refeições, oficinas, cinema, actividades para crianças, etc...) de 12 a 15 de Maio. Esta foi a forma como a Primavera Global pt decidiu aderir ao apelo internacional de um Global May/Global Spring - Acções Globais. E o sucesso é já garantido...mas contamos com todos vocês, pessoas, colectivos e movimentos, para dar maior visibilidade ainda a este evento. Se desejarem participar e criar iniciativas apareçam nos locais agendados e tragam as vossas propostas - em Lisboa temos um email para o efeito: primaveraglobal2012.eventos@gmail.com para onde poderão enviar as vossas propostas de iniciativas no âmbito e no espírito da Primavera Global.

A Primavera Global está a chegar e vai ser certamente um evento único de demonstração da vitalidade dos movimentos sociais emergentes nestes últimos tempos articuladas com organizações e colectivos mais antigos e com iniciativas cidadãs de ampla diversidade.

Convidamos todos a participarem, divulgarem e a construírem esta Primavera Global em Portugal como uma ocasião muito especial de articulação em rede, descentralizada e autónoma, de Indignação e Mudança.

25 comentários:

  1. Já não acredito no despertar das consciências destes vermes que nos desgovernam! De qualquer modo faço votos que haja UMA BOA TARDE DE LUTA!
    O primeiro-ministro daqueles que nele votaram, mais uma vez ofende os Portugueses que mais precisam neste momento difícil com a sua VERBORREIA INCONTINENTE!
    Falta-lhe CALO por nunca ter trabalhado e tem ARROGÂNCIA A MAIS!
    É um dos muitos e verdadeiros OPORTUNISTAS da nossa sociedade!

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  2. Felizmente Portugal não é só Lisboa. Por esse motivo, infelizmente, não vou poder estar presente. Mas estarei sempre com todas as ruas, parques e avenidas que se "alevantem". Acredita Kaos: eu vou estar lá! Estarei em todos os caminhos possíveis que existirem, nem que seja apenas para provar a simples evidência que há sempre outro caminho.
    Um abraço farto do nha-nha-nha: não há alternativa

    ResponderEliminar
  3. também houve no porto... manif muito inferior ao esperado mas...

    AGORA, 23:00h, vejo na TV, a Praça da Liberdade do Porto está de facto cheia!!!
    este povo tem o que merece:
    Futebol... FCP campeão,
    Fátima... hoje véspera de 13 de Maio, o Santuário aguarda maior número de peregrinos e
    Fado... o queimódromo está cheio de bêbados, concerteza - último dia da semana da queima!!!

    ResponderEliminar
  4. Já ninguém vai em tretas da esquerdalha, já ninguém lhes liga puto, cada manifestação cada barracada cada fracasso, ......enfim palhaçadas.

    ResponderEliminar
  5. O que é preciso é despertar a malta!
    Parados, nunca!
    Clotilde

    ResponderEliminar
  6. O "ex.mo" anónimo das 00:18 deve ser dos que beneficiam com as políticas e com o compadrio que estão a "rebentar" com Povo que sempre trabalhou!
    Se calhar é como o seu primeiro e outros (são tantos que sustentamos)
    que não conhecem a palavra TRABALHO e não DESCEM à terra!...

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  7. outra manifestação: a da fé:

    Fátima e S.Bento
    F gastam-se balurdios do bom e do melhor
    SB igual
    F pela fé xupa-se dinheiro aos beatos (e aos contribuintes por impostos que é onde vão buscar os ordenados dos padrecos, isentos de IRS - agora já pagam algum em certos serviços, isentos de iva e ISV em viaturas)
    SB por leis e decretos-lei limpa-se dinheiro aos contribuintes
    CURIOSIDADES:
    os betaos votam no PS e PSD e vão fatima pedir que a crise melhore MAS CONTINUAM A VOTAR NOS MESMOS
    os padres não carregam andores nem santos podem-lhe fazer mal ás costas

    ResponderEliminar
  8. atenção aos copianços:
    coelho copia socrates é a tal história PS(D):
    http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=475433

    ResponderEliminar
  9. olha o que eu disse e olha o que faço:
    http://www.youtube.com/watch?v=M1T4GCrizfA

    ResponderEliminar
  10. olha o que eu disse e olha o que faço:
    http://www.youtube.com/watch?v=M1T4GCrizfA

    SOFRO DO MAL DO DIAS LOUREIRO, RELVAS ETC A GENTE COMO MUITO QUEIJO!

    ResponderEliminar
  11. farinha do mesmo saco
    o socrates frances (hollande) mal toma posse vai ao beija mão tal é a merkeldependencia que estes gajos sofrem é como cá PS(D)/ PS

    ResponderEliminar
  12. A Merkel mudou de cão francês (lambéconas)

    ResponderEliminar
  13. Mais uma vez o primeiro-ministro, dizem que se chama pedro passos coelho, não resistiu a demonstrar que não tem estofo para aguentar as verdades que lhe são ditas!
    Ontem na feira do livro em Lisboa dirigiu-se aos manifestantes como "gentinha" a ignorar quando passos o "culto" recebeu o "insulto" e a vaia que merece!...
    Está a tornar-se insuportável ver aquela figura permanentemente na TV bem como as lambe-cus a gabá-lo quando, se for preciso, o criticam logo a seguir! A isto chama-se hipocrisia e fingimento que muito mina a nossa "sociedade"!...

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  14. Kaos .....vira o disco que tens a tocar desde sábado....ninguém te liga nenhuma......escolhe outro a ver se cola......

    ResponderEliminar
  15. pessoal foge para hospitais privados:consultas + baratas e mais rapidas!
    Ora isto é musica para governo, seguros, hospitais privados etc. o ministro cara-á-banda há-de vir dizer que fecha o sns pro ano e que é medida da troika e que o povo afial não usa o sns.......

    ResponderEliminar
  16. futre não foi para a rtp1 mamar 30.000 ao mês (haja bom senso) já se preve um defice para este ano de 10M€ porque não revêm os ordenados de catarinas furtados e companhia? essa só faz programas de xaxa e mama mil por dia ainda vai fazer um programa para as NU á conta da RTP a passear na india como se não houvesse pobreza em portugal (essa não interessa nada) nem fala que a india é pobre por causa do colonialismo inglês. São umas solidárias do caralho que as foda

    ResponderEliminar
  17. Até parece que houve algum golpe de estado depois do 25 de Abril. Queixam-se de quê? Têm o que pediram. Democracia, eleições e CEE. Primavera quê? Preparem-se mas é para a chuva que a merda bateu na ventoinha.

    ResponderEliminar
  18. houve o golpe do mário soares e do eanes, a 25 de novembro de 1975. Depois disso foi sempre a bombar: FMI, camarate, FMI, CEE, UE, euro, troika...

    ResponderEliminar
  19. No entanto, a energia que levou as pessoas à rua, na primeira e na segunda manif dos indignados não se dissipou. Só está, hoje, retida por diques: os média, as provocações + violência policial. Mas os diques rebentarão quando a pressão se tornar insustentável.

    Para já, há que batalhar com ideias. Os primeiros diques (que são os média) falharão quando as pessoas que neles trabalham deixarem de acreditar no que estão a fazer.

    ResponderEliminar
  20. importante que continue o que sempre foi

    ResponderEliminar
  21. QUE SE PASSA, Kaos ????
    Desde o Natal, que me habituei a ver 2 posts diários, um às 00:0x outro às 12:0x...

    Este último post está ar desde as 08:00 do dia 12 de Maio, dia da PRIMAVERA GLOBAL.

    Algo se passou!!!

    ResponderEliminar
  22. O problema e que não se passou nada......a primavera global flopou......o lirismo acaba quando o estômago fica vazio.

    ResponderEliminar
  23. calma; o Kaos disse que não ia publicar durante três dias.

    Quanto ao anónimo anterior... vocês não hão-de tomar juízo por menos que uma catástrofe.

    ResponderEliminar
  24. e não me interpretem mal; a catástrofe será, exclusivamente, obra vossa; tomem nota do que foi o 1º de maio do pingo doce e extrapolem.

    ResponderEliminar
  25. Amigos
    Aos que dizem que a Primavera Global falhou tenho algo a dizer. É verdade que a manifestação ficou aquém do desejado e é importante tentar perceber porquê, porque ficam os portugueses em casa. Quanto aos quatro dias no Parque foi para quem participou momentos de grande satisfação pois aí aconteceram um sem número de actividades, debates, workshops e trocas de conhecimento e ideias promovendo o futuro e criando soluções. Foram quatro dias enriquecedores e que apesar de cansado me deram enorme alegria. O futuro não nos cai nas mãos sentados no sofá, cria-se com essas mão na sua construção.
    Agora, de volta ao dia a dia cá estou de novo a fazer bonecos mas na esperança de que esta Primavera nos traga um futuro verão de mais abundância. Como dizia o Zé Mário Branco no seu FMI, "Valeu a pena? Claro que valeu".

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo