sexta-feira, setembro 21, 2012

Derrubar a canalha, construir o futuro


Se hoje é dia de contestar este sistema e estas politicas amanhã é tempo de construir alternativas. Muitos criticam os movimentos com o argumentos de protestarem mas não oferecerem alternativas. A verdade é que há muitos que diversos grupos de cidadãos se reúnem um pouco por todo o lado procurando respostas e provando que a história da inevitabilidade não passa de isso mesmo. Alterar esta democracia tornando-a mais participativa e criando a possibilidade a politicas mais humanas e justas. Em todo este tempo muito trabalho tem sido feito e existem muitas ideias mas falta que mais cidadãos se juntem para também eles participarem nos debates, sugerirem novas ideias. O que se procura não é fazer um programa para apresentar mas sim criar o debate entre todos para que o resultado final não seja as ideias de alguns mas as soluções escolhidas por todos.

PS: Sendo a minha juventude já uma coisa do passado tenho de agradecer a muitos jovens que participando nestes encontros me ensinaram muito neste ano e meio. Ensinaram-me uma nova forma de trabalhar, novas perspectivas e sobretudo a saber participar colocando os egos de lado. Todos os que ali estamos sabemos que olhamos uns para os outros não como adversários mas como companheiros que procuram encontrar as melhores respostas venham elas de onde vierem. O que conta é a busca do consenso e a esperança no amanhã. Demora tempo e dá trabalho, mas não existe uma democracia verdadeira sem a participação dos cidadãos e isso evidentemente requer o tempo e o trabalho de todos.


6 comentários:

  1. Apanha-se mais depressa um mentiroso que um coxo: Vigaristas!

    https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=foQgEfMQTh8#!

    ResponderEliminar
  2. A candura com se branqueia a catastrófica governação de todas as autarquias deste país - deixando a ideiazinha que há uns que até escapam - é simplesmente abjecta.

    ResponderEliminar
  3. Acabou a reunião!

    Fugiram todos por um subterrâneo que dá para uma garagem de carros de alta cilindrada de onde saíram todos sem ser vistos.

    Falou um secretario do PR e disse:
    - o Nosso PR escreveu o seguinte: - Portugueses temos que agir com serenidade confiança nos mercados não insultar a banca nem a troika que nos está a emprestar dinheiro, estamos a atravessar tempos difíceis onde temos de ter tranquilidade, muitos estão contra o capital mas a violência não leva a lado nenhum (a ver se não levo com uma bejeca vazia na tola) e assim e como somos um país cumpridor temos que agir em conformidade e assumir os compromissos com o fmi (mas paguem vocês que a minhas reformas não chegam e por aqui vou gozando a minha velhice) os tempos são difíceis mas juntos vamos vencer a crise (vocês dão ao cabedal e o pouco que têm e eu dou o bolso e vou enchendo a pança) (ainda bem que não me mexem nas reformazitas)...........................................

    ResponderEliminar
  4. Há que ser pacífico, sim, mas atento e sem complacências!
    Estamos atentos. E muitos finalmente acordaram!

    ResponderEliminar
  5. Pacificos o caralho. Estamos a ser espoliados por estes ladrões, o País, está a ser descapitalizado, com a entrega de tudo que dá dinheiro, aos grandes grupos económicos, o povo está a empobrecer a rimos assustadores, e nós vamos continuar a manifestarmo-nos com florzinhas na mão? Isso é uma paneleirice. Esta corja, que está a arruinar o País e o povo, só merece porrada no lombo. Álem de burros, estes desgovernates são incompetentes. O PR, é um merdas, que devia ser julgado, pelo roubo do dinheiro no BPN, e vai gozando com a nossa cara. Entretanto, nas manifestações pacíficas, os mercenários da Policia de choque, vai prendendo os nossos amigos, e nós assistimos a isso impávidos e serenos. A merda dos juizes, premden-nos depois, e deixam os verdadeiros ladrões, como por exemplo o Paulo submarinos Portas, a passear alegremente, pela europa e pelo Mundo. Foda-se esta merda toda. era chegar lume a S. Bento, com toda a escumalha governativa lá dentro.

    ResponderEliminar
  6. 'O PR, é um merdas, que devia ser julgado'
    Oh anónimo 00:10 o PR o governo que lá anda e os outros a começar pelo boxexas e julgados tipo marquês pombal / judeus ou seja pendurados na corda e depois espoliados do que roubaram com juros

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo