sexta-feira, outubro 26, 2012

Estão a roubar-nos a nossa dignidade


Há coisas nas atitudes das pessoas que me deixam surpreendido. Cada um de nós se vier alguém e nos meter a mão no bolso para nos roubar a carteira não se pouparia a esforços e tudo faria para o impedir. Acredito que muitos recorreriam até à violência  física se isso se mostrasse necessário. Porque razão, essa mesma gente, quando há quem todos os dias nos roube dinheiro dos bolsos, nos roube direitos sociais e de trabalho conquistados com tanta luta e esforço, nos roube empregos, futuro e dignidade, não mexam uma palha para o impedir? Pior ainda, estão a roubar-nos as nossas boas empresas para entregar aos amigos em privatizações, estão a roubar-nos o nosso património entregando-o à gestão privada, estão a roubar-nos um bem essencial à vida, a água, colocando-a nas mãos de gente em quem não podemos confiar, estão a roubar-nos o nosso próprio país e nós nada fazemos. Que está à espera este povo para sair à rua e correr com esta gatunagem toda? Não sei a resposta pois é algo incompreensível para mim, mas já há alguns que todos os dias protestam e criam as condições para quem desejar também possa sair à rua e lutar pelo seu futuro. Vamos todos sair de casa, começar por nos juntar nos bairros, nos jardins, em todo o lado onde possamos debater e encontrar soluções, para depois todos juntos correr com esta canalha toda. Está nas mãos de todos nós, mas sobretudo na vontade de o fazermos.


11 comentários:

  1. O que as TVs ocultam ou não sabem:
    Qqq
    Qq

    ResponderEliminar
  2. Hoje as obrigações do Estado subiram 3%.
    Ontem 2%.
    Assim nem daqui a 10 anos Portugal volta aos mercados.
    O Governo diz que é para setembro.
    Só se for setembro de 2013. Lol.
    Vigaristas.

    ResponderEliminar
  3. Só para dar um abraço e agradecer o regresso.

    mário

    ResponderEliminar
  4. O autista, presunçoso, passos inútil, mentiroso, ai, e pior não nos podia ter acontecido ...

    ResponderEliminar
  5. E eu temi que estivesse doente, em baixo, talvez, quem sabe, fulminado nesta crise de governo de miséria, que ainda há-de levar-nos à ruína .

    ResponderEliminar
  6. É o maior gatuno da história de Portugal!É uma vergonha tanta gente,com valor,qualidade e mérito serem expropriados daquilo por que tanto trabalharam honestamente, e sabe-se lá com tanto sacrificios,por esta pandilha de pulhas que não prestam para nada;estão onde estão só por corrupção,vigarices e compadrios;um povo inteiro,um país inteiro,com tanta história e cultura ser assim abandalhado por estes meliantes...é uma vergonha e uma tristeza!Acho que devíamos(nós todos)juntar e gritar bem alto,todos juntos e em uníssono:"GATUNO"! Tal fosse o poder do grito que se ouvisse,e ecoasse em todo o universo,que o fizesse temer e ir embora e não mais voltasse!!

    ResponderEliminar
  7. Este tipo não serve para governar um país:
    Ex-playboy;
    Ex de uma doce;
    Tirou o curso tarde e a más horas,porque pagou para o ter,senão ainda andava na jota!
    A irmã adoptiva dedicou-se á droga e prostituição...enfim dali não pode vir coisa decente!Qunto mais cedo for embora melhor para todos nós!

    ResponderEliminar
  8. Engraçado combustíveis baixaram esta semana e para a semana voltam a baixar
    o brendt nem por isso baixou grande coisa

    OS GAJOS ANDAM COM MEDO MUITO MEDO!

    ResponderEliminar
  9. tó teixeiras esse gajo é o bom aluno da merkel e esta é a boa aluna do obama

    ResponderEliminar
  10. O CAVALO BRANCO VEIO HOJE Á TV ACALMAR OS PSP PRÓ ANO VÃO TER A SITUAÇÃO REMUNERATÓRIA REVISTA NÃO VÃO OS DITOS VIRAR-SE DE COSTAS NA AR MAS ESPEREM QUE PRÓ ANO DIZEM QUE AINDA É CEDO E NO FIM DO ANO VOLTA A MESMA CONVERSA ATÉ QUE 'TÁÁÁÁÁ TÁÁÁÁ' VEM A FARTURA JÁ NÃO HÁ DÉFICE ENTRÁMOS EM RECUPERAÇÃO - É ANO DE ELEIÇÕES

    ResponderEliminar
  11. Pessoalmente, há 2 coisas que não me conseguem roubar: a 1ª é o ÓDIO profundo que dedico a todas essas avantesmas que nos têm prejudicado ininterruptamente;a 2ª é a ESPERANÇA de voltar a ver este País libertado para, desta vez, sem cravos e sem os deixar fugir, proceder ao verdadeiro PROCESSO DE AJUSTAMENTO nacional

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo