quinta-feira, julho 20, 2006

A Madame vai visitar o Parlamento

Maria de Lurdes Rodrigues vai hoje fazer uma visita ao Parlamento e aproveitar para explicar as razões porque foram repetidos os exames de Física e de Química.
Honestamente, não entendo todo este barulho em torno de um assunto que é importante, mas que também é pontual e pouco significativo para o futuro deste país. De tantas medidas, altamente discutíveis, polémicas e que tantos problemas têm criado, é a menos importante que fez levantar a indignação de comentadores e políticos.
Só mesmo a falta de argumentos e alternativas da oposição o pode justificar.
.
Contribuição para o Echelon: NATOA, sneakers, UXO

27 comentários:

  1. Bom dia!
    Os exames foram mais um ponto que mostra que esta ministra não tem competencia!
    ta-se a tornar no alvo mais facil a abater dai a polemica não acabar!
    acho bem que façam pressão para ela sair! uma ministra da educação que tira toda a credibilidade cientifica á Sociedade Portuguesa de Quimica depois desta ter afirmado que o Exame de Quimica tinha erros, não faz ca falta nenhuma!
    Já agora, ela é ou foi professora?se o é, é professora de que?
    abraço

    ResponderEliminar
  2. Resta esperar que a sessão de hoje mão se transforme num bacanal de ideias ocas!

    O que afinal de contas até tem sido recorrente!

    Já agora, quem é que vai estar no parlamento? Não foram todos a banhos?

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Sabes como é, não? Fala do que é acessório para que as mentes se distraiam do essencial... um truque bastante usado cá pelo burgo!...:)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Então, o Kaos desapareceu do "Braganza"?...

    ResponderEliminar
  5. ah, eu acho que deviam fazer o mesmo que o alberto joão e obrigar os jornalistas a vestir-se decentemente pra visita da Senhora..


    ;)

    bjinhos

    ResponderEliminar
  6. bem... ao q parece os erros tb existiram noutros exames nacionais, mas só estes dois foram repetidos... e essa injustiça é de facto estranha pq mostra bem q nem todas as disciplinas iguais, são "iguais" para o Ministério... Por isso, acho q posso compreender alguma da indignação q ronda por aí sobre este assunto...

    ResponderEliminar
  7. Arsénio Sá:
    Razões para não gostar da ministra tenho e há muitas. Provavelmente todas aquelas que fazem a direita andar a dizer bem dela (só isso já dava para desconfiar). Não entendo é porque pegam em coisas menores quando há tantas muito mais graves para que apontarem. Perguntem aos professores que eles dizem quais são.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  8. desinformador:
    Não se espere grande coisa do debate. Ela vai lá contar uma história de programas novos e velhos, os deputados vão falar da injustiça para os alunos, responsável para aqui, responsável para lá e depois vão ver se ainda dá tempo para ir dar um mergulho ali à costa. (só para justificar os banhos)
    um abraço

    ResponderEliminar
  9. tb:
    O que vejo é que o Socrates criou um hambiente tal que anda tudo estranho. Nem comentadores, nem politicos, nem mesmo o povinho parece saber o que dizer. Anda tudo confuso, à espera que alguem explique o que se está a passar. Devem ter lançado algum quimico na atmosfera que nos pôs todos a dormir.
    bjinhos

    ResponderEliminar
  10. arrebenta:
    Não, tenho é andado com uma série de problemas que me têm dado a volta à cabeça. Mesmo "alimentar" este blog tem sido dificil. Prometo que brevemente recomeço a colocar mais qualquer coisa (se conseguir carregar as imagens).
    um abraço

    ResponderEliminar
  11. Cristina:
    Ou então, só para aborrecer o caruncho ( e alegrar à Senhora, aqui na assembleia os jornalistas só podiam entrar nús. O fardas nunca mais faltava a nenhuma sessão :)
    bjokas

    ResponderEliminar
  12. Rui:
    Isso é algo que eu ainda não entendi. Foi por erros que os exames foram repetidos? Ouvi foi qualquer coisa que tinha a ver com existencia de alunos, uns com o programa antigo e outros com o novo, e que a repetição tinh a ver com o haver perguntas que não faziam parte de um desses programas. Mas, honestamente ainda não entendi muito bem. Aliás, sempre que houvesse um erro numa pergunta dos exames ela devia ser anulada e ou os pontos dessa pergunta eram distribuidos pelas outras ou simplesmente contava-se como certa a todos.
    um abraço

    ResponderEliminar
  13. e depois do debate vai nascer mais um rato...
    a explicação da criatura para a "convergência" do programa antigo com o programa novo ter afectado os resultados é a prova da sua (dela) incomptência!

    mantinham o programa antigo para os alunos do 12º e faziam o exame com base nesse programa e, só no próximo ano fariam o exame com o programa novo e nãohaveria problemas!

    ResponderEliminar
  14. Kaos: esse é um kaso verdadeiramente "Kaótico"!...e esta Senhorita vai à Assembleia e vai parir um "rato": o problema é q ela anda a parir "ratos" há mto tempo. Cascou e massacrou nos professores e apoiou sempre os "papás" com a Federação de Pais. Agora essas mesma Federação ameça pô-la em tribunal por causa dos exames: é tão ministeriavelmente estúpida que abriu uma caixa de Pandora!!!mas há-de vir muito mais.-...espera para ver!

    ResponderEliminar
  15. kaos, não é por nada, mas eu acho que ela é pessoa pa ficar é assuntada..;)

    ResponderEliminar
  16. luikki:
    Um rato ou uma rata eis a questão. Ainda não li nem ouvi nada sobre as explicações da criatura, mas que meteram so pés meteram. Esta gente gosta de complicar.

    ResponderEliminar
  17. cavaleiro:
    Se há coisa que eu nunca queria na vida era ser ministro. Deve ser a pior profissão deste país e quem vai para lá é por protagonismo e poder (os lugares nas administrações de empresas que depois se conseguem tambem ajuda).
    Apanham por ter cão e por não ter. Mas, erros todos podem fazer agora insistor neles já e ser burro. Esta ministra ainda tem um longo calvário pela frente.

    ResponderEliminar
  18. Cristina:
    Há momentos em que as aparencias iludem, mas nesta caso talvez tenhas razão. :)
    bjinhos

    ResponderEliminar
  19. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  20. Kaos,
    Veja esta notícia do CM: http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?idCanal=10&id=208677
    O problema é que, em democracia, não devia haver os filhos, os enteados e os outros.

    Para o Arsénio Sá e outros que estejam interessados: A Srª é doutorada em sociologia pelo ISCTE - o que talvez explique porque é que não percebe nada de quimica... e não só!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  21. pseven:
    Como já disse num comentário anterior não entendo as razões da repetição dos examee e ainda não tive tempo para ouvir as razões ou desculpas da ministra. Se as tem e são podem ser entidas por todos nós, tudo bem, em caso contrário algo deverá ser feito. Quanto a ter repetido os exames, como dá a entender no CM, por favorecimentos pessoais, duvido muito. Seria demasiado escandaloso e nã acredito que alguém se metesse em tal embrulhada por algo tão mesquinho.
    Obrigado pelas informações
    um abraço

    ResponderEliminar
  22. Kaos,
    Lembra-se do ministro que tentou meter a filha do colega a martelo em medicina?

    Só gostava que um jornalista lhe perguntasse se é intima de alguém que tenha sido directamente favorecido pela medida!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  23. pseven:
    Talvez tenhas razão, mas meter uma cunha é uma coisa, fazer repetir exames nacionais é outra. Sei que neste país tudo é possivel, mas...parece-me demasiado renuscado. (Até porque essa gente tem dinheiro para mandar os filhos ou enteados estudar en qualquer universidade privada nacional ou estrangeira).
    Um abraço

    ResponderEliminar
  24. Só um esclarecimento: ela não mandou repetir exames. Todos aqueles exames têm uma 2ª chamada. O que a ministra fez foi permitir que os alunos que forem à 2ª chamada usem a melhor das notas no acesso ao ensino superior. Normalmente, a nota da 2ª chamada só pode ser usada numa 2ª fase de acesso ao ensino superior. Naquela duas disciplinas vai poder ser usada logo na primeira.

    Abraço
    (e desculpa a insistencia)

    ResponderEliminar
  25. pseven:
    Não me peças desculpa que eu até te agradeço. É um assunto do qual eu não sei muito (aida sou do tempo em que só havia 7º ano e serviço civico e os meu filhos ainda andam na primária) e qualquer esclarecimento é bem vindo.
    mais uma vez obrigado.
    um abraço

    ResponderEliminar
  26. Pseven, nao é só isso. Eu tive uma razoável nota a Química no primeiro exame.
    Agora, com as regras mudadas (por que motivo?) sou capaz de ser ultrapassado na minha nota de candidatura. Isto não é justo.
    Se for prejudicado, quero uma 3ª chamada!

    ResponderEliminar
  27. Rui gaspar:
    Podes sempre tentar olhar pelo lado optimista. Pode ser que sendo o exame mais fácil ainda possas subir mais a nota. Se não acontecer refilas. Boa sorte
    Um abraço

    ResponderEliminar