terça-feira, dezembro 19, 2006

Os Presépios da Maria - Défice

Este presépio chamado carinhosamente de Défice representa a Virgem Teixeira dos Santos e o São Vítor Constâncio a apaparicarem o menino Euro, adorado como Deus. Pais devotados, tudo fazem para que só alguns Reis lhe possam chegar. Aos outros, só lhes pedem para o alimentar e engordar. É que este Menino, não faz o milagre da multiplicação, mas sim o da divisão, tirando a muitos para dar a poucos.

Contribuição para o Echelon: NATOA, sneakers, UXO

16 comentários:

  1. :O) . As explicações são tão coerentes que eu já nem sei o que dizer a seguir, mas pronto. Aqui fica a pergunta. Onde está o burro? Uma multidão invisível chamada povo? Bom dia Kaos

    ResponderEliminar
  2. O euro da nossa destruição! Dos cafés de 50 escudos, para 50 centimos há diferença.

    ResponderEliminar
  3. Caro dae-su oh, concordo consigo nos cafés, mas...
    Já imaginuou nós não termos entrado para o Euro???
    Quanto custaria um dólar americano? Para aí um conto e quinhentos...
    E um Euro, para aí dois contos!!!
    É que estes "competentes" destes governantes todos, desde a implementação do Euro, já teriam desvalorizado o escudo "n" vezes, sendo o "n" um exponente desconhecido mas certamente bem alto...
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  4. Brilhante post! Pois, também acho que neste presépio em especial deviam figurar vários milhões de burros, ou seja transformava-se o rectângulo num imenso presépio. Tinhamos lugar garantido no Guiness!


    BeijInha

    ResponderEliminar
  5. eu sei o que merecia essa coisa maldita chamada "PEC" que nos mantém em recessão desde 2002... Sim, senhor... Sabia. E eles tb sabem, mas não podem porque têm medo de seguir o exemplo da França e da Alemanha que o "suspenderam" quando precisaram...

    ResponderEliminar
  6. gi:
    Tanto o Burro como essa multidão chamada povo andam por ai a trabalhar para dar de mamar a esse menino guloso chamado fisco. Os papás (e toda uma família bem grande que vive com eles) lambuzam-se e nós ficamos com os restos.
    bjs

    ResponderEliminar
  7. Dae:
    Mas eles sempre afirmaram que a mudança da moeda não ia aumentar o custo de vida. Vê os valores da inflação dos destes anos soma-os e faz as contas. Aqui a matemática mostra não ser uma ciencia exacta.
    abraço

    ResponderEliminar
  8. Zé manel:
    O que dizes é verdade, mas isso faria com que não tivessemos acesso a tantos bens dispensáveis. Vivemos a fazer figura de ricos quando não o somos e isso está a matar-nos. Isso e a globalização capitalista.
    abraço

    ResponderEliminar
  9. inha:
    Pensas tu que os burros podiam ficar ali a olhar para o menino Euro e não estar a trabalhar? Ali estão só os pais e familia.
    bjs

    ResponderEliminar
  10. Rui:
    Mas a Alemanha e a França são os donos disto tudo. Eles fazem as regras. Basta ver que els só aumentam o nivel de vida e nós só descemos. E a rampa continua inclinada...para baixo.
    abraço

    ResponderEliminar
  11. O euro é uma boa ideia. A forma prática que nem por isso....
    se esses pais não existissem, talvez.
    jinhos

    ResponderEliminar
  12. se uns iluminados não tivessem sido tão cretinos quando atribuiram 200 escudos a cada euro talvez estes déficientes já não estivessem no "presépio"....
    abraço

    ResponderEliminar
  13. tb:
    São estes país e muitos outros espalhados que o nos fecundam para nascer aquela coisa.
    bjs

    ResponderEliminar
  14. luikki:
    Nunca entendi como foram feitas essas contas, mas que a vida subiu imenso disso não há duvidas.
    abraço

    ResponderEliminar
  15. Apetece-me dar uma de anónimo...

    Mas está tudo doido?? Qual défice? Nunca se viveu melhor em Portugal. Toda a gente anda endinheirada. Estamos em plena retoma económica e o desemprego cai todos os dias. Não tarda estamos a ter imigrantes nórdicos... Vocês são uma cambada de demagogos sempre a dizer mal...
    Um Abraço.

    ResponderEliminar
  16. Outsider:
    Isso também é o que eu penso, mas se digo isso aqui ninguém cá vem. Ou se calhar não está assim tão bem.
    abraço

    ResponderEliminar

Powered By Blogger