terça-feira, janeiro 23, 2007

Relações Perigosas

Um ano de relações perigosas........para todos nós.
Contributo para o Echelon: spies, IWO, eavesdropping

12 comentários:

  1. Esse aí não é o "Dr. Fausto Sócrates" a fazer o pacto com o Mefistófeles? O problema é que ele está a vender a alma dos Portugueses em vez da dele...
    Um Abraço.

    ResponderEliminar
  2. a cabra seduz a vaca............

    ResponderEliminar
  3. Não me parece... que sejam relações perigosas.
    Portugal precisa de estabilidade governativa e termos a Presidência às turras com o Governo nao iria resolver as deficiências do nosso país, pelo contrário, iria levantar muitos mais ânimos, desconfianças, guerras abertas e acusações. Gerava-se o caos (e muitos estão à espera disso). Um Presidente da República, deve ser, desde logo, imparcial quanto a tendências partidárias, mesmo tendo sido eleito por um, claro. Não vejo perigo algum neste trabalho conjunto. É preciso isso para se poder fazer algo, para se poder mudar. Sou e sempre fui uma cavaquista.

    ResponderEliminar
  4. Kaos:

    Peço-te que desinfectes a casa.
    Por vezes, saio daqui com urticária.

    Obrigado e desculpa.

    ResponderEliminar
  5. outsider:
    Todos eles trabalham no submundo para infernizar as nossas avidas e almas. Diabos em forma humana.
    abraço

    ResponderEliminar
  6. luikki:
    Um comentário cinco estrelas. :)
    abraço

    ResponderEliminar
  7. Lady Susie:
    Concordo com a necessidade de uma estabilidade governativa, agora é necessário é ver qual o caminho e os objectivios dessa estabilidade. Estamos a ver os resultados desta aliança e como a cada dia nos aproximamos da desgraça. Alguns governam (-se) em nome de crises e defices que só existem por se escolher este caminho. E não tenhamos dúvidas que esta aliança só vai durar enquanto o Sócrates estiver a fazer o trabalho sujo que os partidarios do Cavaco nunca tiveram coragem de fazer. Na hora certa vai fazer o seu golpe de estado e colocar no poder os seus amigos (aposto na Manuela Ferreira Leite e /ou António Borges). Nesse momento batemos no fundo e é mesmo possivel que a liberdade possa ser colocada em causa. Não nos devemos deixar embalar por estes cantos de unanimidade.
    bjs

    ResponderEliminar
  8. jorge:
    Estou só a esconjurar os demonios que me consomem.
    abraço

    ResponderEliminar
  9. La Lusitania Felix del Profesor Cavaco Silva y del Ingeniero Señor Sócrates.

    ResponderEliminar
  10. salmantino:
    La triste Lusitania

    ResponderEliminar
  11. Infelix Hispania

    ResponderEliminar
  12. anonimo:
    Acreditemos que possa mudar.
    abraço

    ResponderEliminar