segunda-feira, abril 23, 2007

O Castigo divino

Alberto João Jardim defendeu que os problemas de José Sócrates na polémica sobre o seu percurso académico são um:
"castigo divino pelo mal que está a fazer à Madeira e aos portugueses".
"Nosso Senhor não castiga nem com paus nem com pedras. Ele (José Sócrates) quis fazer mal a tanta gente que agora está a ser castigado".

O Bicho da Madeira no seu melhor e a campanha promete palhaçada que baste. O WeHaveKaosInTheGarden agradece.

Contributo para o Echelon: 15kg, DUVDEVAN

22 comentários:

  1. Afinal Sócrates não tem canudo, mas sim um cano de esgoto. Ele não pretende ser engenheiro de merda?

    ResponderEliminar
  2. Parabéns Kaos, esta do caruncho é de morte.
    Continua que vais bem.

    ResponderEliminar
  3. h.Sousa:
    Cheira realmente muito mal o canudo do Sócrates, mas não me parece que seja por intervenção divina.
    abraço

    ResponderEliminar
  4. Jorge sarmento:
    Obrigado, enquanto me deixarem por cá andarei
    abraço

    ResponderEliminar
  5. O Bicho da Madeira no seu melhor e Kaos no seu espectacular...

    ResponderEliminar
  6. Nem esse seu castigo nem o nosso de termos um primeiro tão fajuto me parecem castigos divinos; quanto ao João Jardim é bom vê-lo nesta pujança para alimentar este jardim com os seus chorrilhos de disparates.
    Bjos

    ResponderEliminar
  7. E quando é que o tal castigo divino lhe é aplicado a ele?
    Deus deve andar muito distraído, ou ocupado com outras coisas!

    ResponderEliminar
  8. A Idade Média como padr~~ao para medir esta gente...

    E uma ordália, vai?

    Bom teste!

    ResponderEliminar
  9. Ainda os hei-de ver aos dois de braço dado...são feitos do mesmo pau carunchoso!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  10. Esperemos que o bicho mande as suas habituais bujardas alarves para a malta se rir um bocado...
    Um Abraço.

    ResponderEliminar
  11. Se tivermos que ver uma comédia, que seja uma a sério!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  12. Kaotica:
    Sou um homem que acredita no Jardim Ele vai dar-nos ainda muitas pérolas de sabedoria para nosso deleite.
    bjs

    ResponderEliminar
  13. É estranho que gozes com a frase proferida pelo Alberto João Jardim quando tu próprio escreveste no post "Crime e tortura":
    "Há momentos em que gostava de acreditar que existe um Deus e uma justiça divina para que as almas danadas dessa gente ardessem eternamente no inferno."

    Também gostavas, eu sei. Falta-te o poder. Ainda bem.

    Festeja Abril com o povo amanhã, e deseja as melhoras do Eusébio. Ou canta uma daquelas canções do companheiro Zeca. Pode ser a da "metralha sobre os fachos". Se sobrar tempo (acredito que sim), escreve mais qualquer coisinha. Há muitos que gostam de te ler.
    Cada vez mais felizmente!

    ResponderEliminar
  14. visitante:
    Já deram, basta ter de se ver ao espelho todos os dias.
    abraço

    ResponderEliminar
  15. anonimo:
    Até para viverem na idade média esta gente era ordinária demais.
    abraço

    ResponderEliminar
  16. jpg:
    Se lhes for util não tenhas duvidas. O odio de hoje é o amor de amanha.
    abraço

    ResponderEliminar
  17. outsider:
    Isso é certo. ele não o pode evitar. está-lhe no sangue.
    abraço

    ResponderEliminar
  18. corcunda:
    Não nos podemos armar em exigentes. Cada um tem a comédia que merece
    abraço

    ResponderEliminar
  19. Isidoro:
    Que hei-de eu fazer se não tenho a fé de outros. Não estou à espera de castigos divinos para esta gente, prefiro os de uma verdadeira justiça. E, claro que me falta o poder divino, mas isso faz parte da minha vida. Que posso eu fazer.
    E vou festejar Abril sim senhor, e vou cantar o Zeca ou quem me apetecer e vou também sonhar que ele, o 25 de Abril um dia realmente se cumpra. Como pediste, também vou arranjar tempo para escrever alguma coisa.
    Fica bem

    PS:
    Quanto às melhoras do Eusébio deixo para os benfiquistas

    ResponderEliminar