segunda-feira, agosto 11, 2008

O apêndice

O apendice

«Num grande país europeu como a França, a Alemanha ou a Grã-Bretanha, Cavaco seria um apêndice, nunca um órgão político.»
Clara Ferreira Alves no “Publico”

Como sou um verdadeiro asno, nunca entendo estas frases ditas pela fina-flor da “inteligence” portuguesa. Imagino que esteja a dizer que o Sr. Silva só seja alguém por estar neste jardim perdido nas bordas da Europa, mas quando a vejo tratá-lo por apêndice e órgão político só consigo visualizar a imagem que fiz. Tenho mesmo muitas dúvidas que mesmo com “Viagra” possa valer muito mais do que vale; nada.

Contributo para o Echelon: spies, IWO, eavesdropping

17 comentários:

  1. Oh amigo kaos esta foi em cheio. Não há dúvida que nada melhor que umas merecidas férias para melhorar a inspiração. Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Quais Viagra, mesmo assim acho que está muito favorecido....

    ResponderEliminar
  3. De momento vai servindo, enquanto tiver metido a tal prótese pneumática oferecida pelos globalizadores e parte da população a dar à bomba.

    ResponderEliminar
  4. - Falta o preservativo.
    a.ferreira

    ResponderEliminar
  5. É pá esta imagem está muito a favorecer o apêndice, é um apêndice relativamente novo. O do gajo quando se senta, já se senta em cima dos gémeos e o zé palito mete-se-lhe pelos entrefolhos, daí o seu sorriso de orelha a orelha sempre que está sentado.
    E quando está com aquela cara de quem está preocupado, é porque sempre que vai urinar, cheira-lhe mal, pois pudera!... Aí fica procupado e questiona-se:
    "Estarei a ficar podre?"

    ResponderEliminar
  6. Eheheheheh

    Só tu Kaos para me pores a chorar a rir.

    Estou de acordo com o comentador que disse que o apêndice é demasiado jovem. O dele deve encarquilhado e não deve esticar nem com babylise.
    A Cavaca, musa inspiradora, ainda o deve amarfanhar mais.

    As férias estão a fazer-te bem


    Um abraço

    Isabel

    ResponderEliminar
  7. A Dra. Clara Ferreira Alves esqueceu-se de dizer (ou não lhe interessou) que tipo de apêndice ou de orgão seriam os membros do governo e seus acólitos. Inspirado pelo desenho do Kaos, tenho que verificar que todos aqueles filamentos capilares (estou a ser politicamente correcto) respondem claramente à identificação em falta.
    Todavia, fica ainda por identificar quem é que comanda todo o orgão, apêndice, ou o que quer que seja, e o que o circunda.

    ResponderEliminar
  8. Agora é que rebentaste com isto tudo!
    Não te esqueças de mandar fazer 1 dúzia de t-shirts com esta imagem!
    Saudações do Marreta.

    ResponderEliminar
  9. Uma imagem vale por mil palavras, eu acrescento "Cavaco, cara de caralho"

    Exelente post.

    Abraço

    ResponderEliminar
  10. post de extremo mau gosto. a ironia faz-se de outros processos.

    ResponderEliminar
  11. lolololllllll
    Só tu para materializares num boneco o que me vem à mente sempre que ouço esses "mimos". (e ainda faltou o termo relações entre orgãos que eles gostam muito de usar também):)))
    Adorei!
    beijinho

    ResponderEliminar
  12. Este post está demais. Ainda estou a chorar de tanto rir.
    Há a cabeça do caralho e o cabeça de alfinete.

    Abraço,
    Zorze

    ResponderEliminar
  13. Granda Kaos!

    Apendice triste à espera que a Manelinha que faça um bóbó...

    Beijokas e muitas banhocas

    ResponderEliminar
  14. lol
    Nunca me tinha rido de cabeça para baixo.
    Boa malha!

    ResponderEliminar
  15. [url=http://community.bsu.edu/members/buy+online+Viagra.aspx]online pharmacies no prescription Viagra[/url]

    ResponderEliminar
  16. unlock iphone 3g [url=http://unlockiphone22.com]unlock iphone 3g[/url] unlock iphone 3g unlock iphone 3g

    ResponderEliminar