segunda-feira, agosto 21, 2006

Assinou só porque gosta de assinar

"Os portugueses vão deixar de poder saber quem é que o Governo contrata. Um despacho do secretário de Estado da Administração Pública, assinado em finais de Julho, determina que as novas contratações do Executivo deixam de ser publicadas em Diário da República."
In Sic Online
Desta forma, uma lei aprovada pela Assembleia da Républica ,ainda no tempo do Durão Barroso, começava então a ser aplicada, ficando todos nós sem a possibilidade de saber quem, para quê, e por quanto, o governo contratava novos funcionários.
Quando a coisa começou a ser mal recebida, em conferência de imprensa, o secretário de Estado da Administração Pública, João Figueiredo, afirmou que “ o que está em causa não são as nomeações para gabinetes, para a Função Pública ou por escolha, são os contratos individuais de trabalho” e acrescentou que, até ao final do ano, o governo vai aproveitar a reforma do sistema de vínculos, carreiras e remunerações para propor que todas as contratações sejam publicadas.
Resumindo, o homem assinou, para a lei poder ser aplicada, e depois vem dizer que pretende modificar a lei daqui a uns tempos. Entretanto também a lei, deixa de ser aplicada a todas as nomeações, para passar a ser sómente para os contratos individuais de trabalho. Uma grande trapalhada que merece algumas perguntas:
Se não concorda com lei porque assinou o despacho?
Porque não manteve tudo como estava até fazer aprovar a nova lei?
Será que havia gente para nomear, em segredo, neste espaço de tempo?
Será que pensam que nós somos todos parvos?

Contributo para o Echelon: Electronic Surveillance, MI-17

8 comentários:

  1. Acho a penúltima pergunta a hipótese a mais viável....gente que só sabe o que lhes convém.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. peço desculpa pela linguagem mas estou farto deste bando de filhos da puta!!!!

    ResponderEliminar
  3. Tudo isso e muito mais: nunca tiveram vergonha, perderam o decoro, abandalharam, estão-se nas tintas que se venha a saber das tramóias porque sabem que ninguém realmente crápula acaba alguma vez sendo punido pela Justiça deste país. Além disso são uns pulhas!

    ResponderEliminar
  4. Bom, eles pensam mesmo que somos parvos... Mas n´s de parvo temos pouco, ao contrário deles...São é um bando de canalhas que nos atiram areia para os olhos e vivem às nossas custas.
    Um Abraço.

    ResponderEliminar
  5. tb:
    Vamos lá ver quantos boys entram daqui até ao final do ano

    luikki:
    Também eu mas eles continuam lá no poleiro a fazerem o que querem

    Fernando:
    É com estas manobras que nos vão lixando a vida

    Kaotica:
    Estes para não terem o problema da justiça se por acaso ela funcionasse uma vez vão fazendo as leis à sua medida

    outsider:
    No fim acabamos por ser parvos já que com tudo isto eles lá vão levando a água ao seu moinho e nós refilamos mas acabamos sempre lixados

    ResponderEliminar
  6. Eles pensam que somos parvos, mas o verdadeiro problema é que deixamos realmente que nos façam de parvos. Somos desunidos, não protestamos colectivamente e deixamos passar estes "gozos" dos quais somos diariamente vitimas, como cidadãos comuns... Muito preferem pensar nos enredos das novelas do que nestas coisas que realmente nos dão cabo da vida e do país... Muitos nem sabem do que se está para aqui a falar porque deixaram de querer saber, renderam-se a um poder que os pisa e que nem lhes dá hipotese de ripostar. Enquanto isso, os bardamerdas que chupam nas tetas da porca do Bordalo e para quem tudo são facilidades vai engordando ainda mais e sorri... Sorri por gozo, por saber que este povo não acorda!
    Mas se, um dia, acordasse, haveria certamente muito leitão para assar..

    abraço

    ResponderEliminar
  7. É ecactamente isso q eles pensam!bjs

    ResponderEliminar