sábado, Fevereiro 28, 2009

Raças Perigosas XXII - Vital Moreira

Cabeça europa

Os Socretinos parecem tudo querer fazer para se tentarem pintar de vermelho e se mascararem de esquerda. A escolha de um ex-comunista para Cabeça de Lista do PS às eleições europeias é mais uma jogada nesse sentido, mas quem lê o que o Vital Moreira escreve e as posições que tem tomado não pode deixar de sentir que esta é mais uma mentira. Dizem uns que ele está mais próximo da ala esquerda do PS, mas a pergunta que se tem de fazer é se ainda há alguma ala esquerda no PS? Quase tão ridículo como chamar de socialista ao Partido Socretino.

Oscares 2009 - MILK

 Bloco

Um clone para cada ocasião

Clone

A Manuela Ferreira Leite veio considerar inadmissível que o Engenheiro não esteja presente na Cimeira Europeia, que se reúne este domingo para tratar da crise, para poder estar no Congresso do PS. O assunto é no mínimo irrelevante, já que em ambos os casos não há nem novidades nem decisões a tomar. Na cimeira já antes os mais ricos se reuniram em particular para tomar as decisões e amanhã só as vão comunicar, (esta é a democracia europeia), no Congresso, que não passa de uma operação de propaganda, o Engenheiro tudo controla e comanda. O que lhes dava mesmo jeito era clonar o Engenheiro para poderem ter um para “mostrar” em todo o lado.

Boa viagem

Sinistra Despedida

O PS está em Congresso e já lançaram o “Tabu” que é lá que o Engenheiro vai anunciar a cabaça de lista para o Parlamento Europeu. Será o Luís Amado? O Ferro Rodrigues? A Edite Estrela? O Freitas do Amaral? Para mim faço aqui uma aposta arriscada.
Eu aposto na Maria de Lurdes Rodrigues, a chamada Sinistra Ministra. Sai promovida, sai em glória e o Engenheiro livra-se desse peso nas próximas eleições. Um, dois em um, em que o Engenheiro só tem lucro. Estarei enganado?

Congresso Vermelho Pinóquio

congresso vermelho

Bem pode falar em esquerda e em socialismo que já não engana ninguém.
Ou será que engana?


sexta-feira, Fevereiro 27, 2009

Oscares 2009 - The Wrestler

 The Wrestler

Oscares 2009 - Mario vs Soares

Frost nixon


Não Ver, Não Ouvir e não Falar...nem ter vergonha na cara

 Voos Cia

Um conjunto de documentos da Procuradoria-geral da República (PGR), que terão sido cedidos a uma organização humanitária, referem a passagem pelo Porto, entre os dias 15 e 17 de Setembro de 2002, (na altura era primeiro ministro Durão Barroso), de um voo da CIA que fazia a ligação entre Rabat e Cabul. O mesmo preso passou uma segunda vez por Portugal em 2004, quando foi levado de Cabul para Guantanamo, (na altura era primeiro ministro Santana Lopes).
Estes voos só podem ter cruzado espaço nacional com autorização do Ministério dos Negócios Estrangeiros e depois de consultado o Ministério da Defesa e sublinha que os arquivos dos dois ministérios têm de ter esta documentação. A passagem destes voos da CIA está a ser investigada há dois anos pelo Ministério Público.
A Procuradoria-Geral da República adia explicações e informa que, «logo que for proferido o despacho final no processo em curso, será dado conhecimento integral do mesmo, para completo esclarecimento dos cidadãos».

Agora já vem o Luís Amado, depois de ter andado anos a negar a existência de qualquer prova, dizer que estes dados não eram novidade para o ministério e que até foram eles que os forneceram à procuradoria. Esta gente não tem vergonha na cara, jura e desdisse-se como se mentir fosse algo natural. Esta leveza no tratamento do problema, o inocentar de culpas que colaborou na violação de direitos humanos, (o Nuno Rogeiro já veio apregoar que Portugal não violou nenhuma lei e que por isso não pode vir a ser acusado), só demonstra que continuam todos de acordo em branquear o problema e limpar as responsabilidades dos “Durões” da Cimeira das Lajes, e dos compadres que por cá pactuaram e ocultaram a verdade. Esta gente não presta.


quinta-feira, Fevereiro 26, 2009

Oscares 2009 - O Estranho caso de Cavaco Silva

O Estranho caso de Benjamim burton


Crise e sacrifícios

Crise

Confesso que quando oiço estes políticos falar da crise e pedirem-nos sacrifícios só me apetece mandá-los à merda a todos. Porra, há anos que berrava que este era o destino inevitável das politicas económicas que esta gente defendia e diligentemente aplicava. A culpa é deles, eles que resolvam a crise. Infelizmente que acaba sempre por sofrer mais as consequências da dita “crise”, não são os responsáveis mas sim aqueles que menos têm, aqueles que já viviam num país que até publicitava ao mundo a honra de ter “baixos salários”. Da pobreza à miséria estrema para alguns, de uma vida com dificuldade à pobreza para outros, são as consequências da ganância capitalista.
Quando oiço propostas que nos desafiam a aceitar reduzir horas de trabalho e salários para garantir o emprego de todos, fico dividido entre a injustiça de estar a pagar pelos erros propositados da canalha que nos governa, e o compreender que este é realmente um momento em que devemos mostrar a solidariedade para com outros seres humanos que coexistem connosco. Irrita-me estar a fazer tais sacrifícios e que os culpados, além de não fazerem nenhuns, ainda por lá ficam a dizer “porreiros pá” à nossa custa. Como me irrita não os faço, não os faço enquanto eles não saírem de lá. Não faço enquanto não acreditar que o caminho a seguir vai ser diferente, em que os homens vão voltar a ser homens, a contar como homens e não números. Não os faço pelos outros enquanto os outros não assumirem as suas responsabilidades na necessidade de mudança, de criarmos uma nova realidade, uma nova forma de participação na sociedade e de assumirmos, nas nossas mãos, as responsabilidades dos nossos destinos. Este é o momento em que não podemos continuar a compactuar com o poder reinante. Chegou a hora de fazermos renascer a esperança.

quarta-feira, Fevereiro 25, 2009

Oscares 2009 - Quem quer ser milionário

quem quer ser milionario

Por falta de tempo e de oportunidade este carnaval e a entrega dos Oscares não tiveram neste blog o destaque que lhes dei noutros anos. Mesmo assim não quero deixar de assinalar o grande vencedor, "quem quer ser milionário", que é uma coisa que tantos tentam neste jardim e nem sempre da forma mais honesta.

Taxas moderadoras e cerimónias

Taxas e Cerimonias

«A ministra da Saúde, Ana Jorge, foi ontem ‘bombardeada’, no Parlamento que confrontou a ministra Ana Jorge com o "esbanjamento de 90 mil euros em duas cerimónias pomposas que dariam para custear 5000 diárias de internamento numa unidade de Cuidados Continuados de longa duração". O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Francisco Ramos: "Não foi desperdício. É importante haver condições para transmitir a informação às pessoas."
A ministra Ana Jorge foi criticada pelas taxas moderadoras em cirurgia e internamento, consideradas "injustas" pela Oposição. Ana Jorge disse não acabar com o pagamento, para os "utentes terem consciência do custo real da saúde".
Houve ainda críticas pelo fecho de 14 Urgências e por terem aberto apenas nove dos 25 Serviços de Urgência Básica (SUB) anunciados.»

São necessários 45 mil euros para haverem condições para informar as pessoas? Subam a um palanque na praça e informem-nos que sai de borla e serve muito bem. Ou, pelo menos não nos venha dizer logo de seguida que compreendemos a necessidade de pagarmos taxas moderadoras para sabermos quanto custa a saúde. Muito mais barata certamente se não andassem a gastar dinheiro em cerimónias, propaganda e mordomias.


terça-feira, Fevereiro 24, 2009

A origem do ridículo

A Origem do mundo

A PSP de Braga apreendeu hoje numa feira de livros de saldo alguns exemplares de um livro sobre pintura. A polícia considerou que o quadro, "A Origem do Mundo", do pintor Gustave Courbet, reproduzido nas capas dos exemplares, era pornográfico.
in "Publico"

Será que já apareceu por aí o Ministro da Cultura, Pinto Ribeiro, a dizer alguma coisa? Provavelmente não, afinal esse Sr. parece ser ministro só por ser que cultura é coisa para o que não o vemos contribuir nada. Quanto á Policia e ao seu patrão já nem vale a pena dizer nada. Um caso simples de puritanismo, ignorância e do ridículo de quem o poder subiu à cabeça. Gente triste.

Carnaval 2009 - O Carro da Educação

Carnaval 2009

Negócios da China

Vendedoura da América

«A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, pediu este domingo ao governo chinês que continue a comprar títulos do Tesouro dos EUA, de que é a primeira detentora, numa altura que Washington enfrenta um endividamento crescente.
Clinton afirmou que “assim, ao continuar a apoiar os instrumentos do Tesouro americano, a China reconhece a nossa independência. Claramente, vamos sair disto juntos ou cair juntos”.»

Depois de mandar os direitos humanos ás urtigas, a Clinton faz agora papel de “vendedora ambulante” de Títulos de Tesouro Norte Americanos.
Este capitalismo está mesmo a cair de podre, mas o pior é que esta gente prefere ver cair o mundo num buraco sem fundo a aceitar que o sistema que defendem fracassou. Ou levantamos a voz e corremos com essa gente ou estamos condenados à miséria.

segunda-feira, Fevereiro 23, 2009

Absolut Prescription

Absolut prescription

Crimes no caso Freeport podem já ter prescrito
Se o Ministério Público considerar a viabilização do empreendimento um acto lícito, mesmo que tenha havido eventuais subornos, aqueles crimes já prescreveram, quer tenha havido corrupção activa ou passiva, pois, nestes casos, a prescrição é de dois e cinco anos, respectivamente.

A magia da justiça está de volta e, como quatro anos de investigação congelada, resolvem todos os problemas quando os crimes usam colarinhos brancos.

O Preço da vida humana

Direitos Humanos China

«A questão dos direitos humanos não vai atrapalhar o diálogo com a China sobre a crise económica e as alterações climáticas, avisou ontem a secretária de Estado norte-americana. Hillary Clinton chegou a Pequim para a última etapa da sua ronda asiática.»

Está a Hilary a representar as ideias e estratégias do Obama ou simplesmente a pensar pela sua cabeça? (Não me admira que o Clinton procurasse consolo em outras camas, com uma serpente destas lá em casa). Como é que depois de dizerem isto podem apontar o dedo seja a que ditadura for? Será que há ditaduras boas, as ricas, e ditaduras más, as pobres? Pelos vistos é o negócio que fala mais alto e a vida humana continua a poder ser trocada com um punhado de dólares.
Quanto valerá a vida de cada um de nós para a administração Obama?

domingo, Fevereiro 22, 2009

A DREN anda a brincar ao Carnaval

Carnaval

Os professores do Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura desfilaram hoje, ao lado dos alunos que festejavam o Carnaval. Mas vestidos de negro, amordaçados e com as mãos presas por correntes, como forma de protesto contra a Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) que, contrariando uma decisão do Conselho Pedagógico, lhes ordenou que acompanhassem as cerca de 400 crianças do pré-escolar e do 1º ciclo do Ensino Básico, pelas ruas da sede do concelho.
Estava previsto que os alunos festejassem o Carnaval no espaço escolar, mas a decisão desagradou à Associação de Pais e à Câmara Municipal, que reclamaram a realização do habitual cortejo. Foi assim que, depois de um braço de ferro que se prolongou pelos últimos dias, a DREN reiterou a ordem dada a presidente do Conselho Executivo do agrupamento para que convocasse os professores para a realização do cortejo.
in "Publico"

Haja decência e mande-se essa “coisa” da DREN dar aulas. Ditadorezinhos de um raio que assumem que o poder lhes dá o direito ao autoritarismo e à ameaça. Um bom manguito é o que ela merece.


A Cegueira

Cegueira

«O ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, considerou esta sexta-feira de «irresponsáveis» as críticas que têm sido lançadas ao governador do Banco de Portugal, Vítor Constâncio.»

Também concordo que quem o faz é irresponsável. Anda o homem há tanto tempo a olhar para o lado para não ver e vêm agora acusá-lo disso. Até parece que preferiam que os tivesse fisgado quando estavam com as mãos na massa. Ingratos.
Já todos percebemos que o que se passava no BPN e no BPP acontecia e tinha de haver quem olhasse para o lado para não ver o que não queria ver. Olhava e deve continuar a olhar porque se as coisas se passavam assim nesses bancos o que nos garante que não se passam também assim nos outros. Se aqueles que deviam ser os “policias” que controlam o mais ambicionado de todos os poderes, o dinheiro, mostram que deixavam roubar mesmo por baixo dos seus narizes não nós dá grandes garantias. Nem grandes, nem pequenas, não nos dá nenhumas. O que se passará por detrás de das paredes desses bancos que por aí há?

sábado, Fevereiro 21, 2009

Carnaval 2009 - O Rei de Boliqueime e os seus descendentes

O rei de Boliqueime

«O Cavaquismo esteve cheio de pequenos sócrates, de gestores do Cambalacho, foi o berço dos Valentins Loureiros, dos Isaltinos, das Privadas, a era do Canudo Acelerado, dos Desvios, do Galope da Droga, dos Ferraris, dos Ministros inocentes e indultados.
É normal que, para Cavaco, em fim de carreira, e chegado, como já várias vezes aqui disse, ao Topo da ... Base, ao horizonte dos seus pequenos sonhos, seja normal que haja um boneco de lata, que, finalmente esteja a conseguir pôr em prática toda a impiedade e a destruição nacional com que sempre sonhou, e, desta vez, sem ter de sujar as mãos. Basta assinar por baixo.
Cavaco e Sócrates, são, neste preciso instante, a hipóstese das duas faces da Moeda do Regime.»

Os filhos do regime


Estrato retirado de mais um texto do brilhante Arrebenta, mentor espiritual do “Braganza Mothers” e espectador atento da triste realidade que assola este país.


O magalhães alegórico

Magalhães

Em Torres Vedras, um carro alegórico que fazia uma sátira ao Computador Magalhães, foi “censurada” devido a uma queixa que afirmava que as imagens lá mostradas eram pornográficas. Nem interessa se as imagens eram normalíssimas e que naturalmente poderem aparecer em qualquer busca de imagens do Google, nem a parvoíce da mesma queixa, mas é interessante pensar se a ordem judicial teria sido tão rápida e sem confirmar a veracidade das acusações se o objecto citado, se não se tratasse de um “Magalhães”. É que este computador está coladissimo à figura do Engenheiro e é sempre possível acreditar que isso possa ter influenciado a decisão. Uma coisa é certa, o “Magalhães” é resistente, tão resistente como o Sócrates que por mais merda que faça, por mais que se lhe bata e se mostre que está a enterrar este país, lá vai resistindo.

sexta-feira, Fevereiro 20, 2009

Guantanlogy

Guantanology

«Os eurodeputados preparam-se para aprovar amanhã uma resolução sobre as ilegalidades que terão sido cometidas no transporte de prisioneiros para Guantanamo, através de território europeu.
O texto inicial dessa resolução citava uma intervenção feita por Luís Amado na Assembleia da República, em que o ministro dos Negócios Estrangeiros responsabilizava Durão Barroso no processo dos voos ilegais da CIA.
As alegações irritaram Luís Amado que, de imediato, escreveu ao Parlamento Europeu, em protesto por uma resolução que será votada amanhã e cujo texto já foi entretanto modificado, acabando as referências de Luís Amado retiradas.
Confrontada com este episódio, a eurodeputada socialista Edite Estrela diz que mais importante que salvar a face de Durão Barroso, o importante foi retirar a referência que era feita a Portugal nesta resolução.»

Mentirosos! Cambada de mentirosos sem vergonha na cara. O mesmo Luís Amado que agora nega qualquer envolvimento de Portugal nos voos da CIA acusou o Cherne de os ter permitido. Hipocritamente vem agora tentar que aquilo que disse seja apagado da memória deste país e desta Europa. São todos culpados na imoralidade que representaram estes voos, no crime de que foram cúmplices.
A Edite vem dizer que não é salvar a face do Durão barrosos que querem salvar mas sim a do país, esquecendo que é mais vergonhoso esconder um crime que assumir responsabilidades e condenar culpados. Olho para esta gente e sinto vergonha da hipocrisia e desonestidade que mostram.
PS: Para quando o resultado do inquérito da Procuradoria-geral da Justiça. Certamente será mais uma vez anunciado para a próxima semana como já foi anunciado dezenas de vezes. Passam as semanas e o relatório teima em não sair. Parto difícil, este.

Incógnito

Escondido

No passado fim-de-semana o nosso “Cherne” passou cá pelo jardim e esteve em reuniões com o Sr. Silva e com o Engenheiro. Contrariamente ao que gosta de fazer, que é mostrar toda a sua “cagança” junto dos jornalistas, desta vez fechou-se em copas e nada disse sobre as razões e os assuntos discutidos nessas reuniões. Vendo que a Comunicação social só falou dessa visita em rodapés, certamente que o assunto deve ser bem incómodo.
Crise?
Voos da CIA?
Reunião do Clube de Bilderberg?
Corrupção?
O que nos querem esconder ou o que estará para estoirar por aí?

quinta-feira, Fevereiro 19, 2009

quarta-feira, Fevereiro 18, 2009

Vamos correr com ele

vodoo

O Grande Barrete

Grande Barrete

"Jorge Sampaio apelou para a necessidade de se «falar verdade» em tempos de crise e considerou que os trabalhadores das empresas em dificuldades estarão na disposição de combinar estratégias com os patrões na falta de encomendas para que se mantenham os postos de trabalho.
Num almoço de empresários realizado na Câmara de Comércio e Indústria Luso-espanhola, o ex-Presidente da República explicou que os trabalhadores têm de ter a noção de que não estão a ser «aldrabados» nem que se lhes está a ser «enfiado o barrete»."

Necessidade de se falar verdade em tempo de crise? E quando não era tempo de crise, aí não havia necessidade e falar verdade? Aí podiam enganar os trabalhadores para não lhes aumentarem os salários e lhes retirar direitos enquanto eles se enchiam com lucros chorudos? Quando havia dinheiro, cuspiam nos trabalhadores e agora vêm pedir batatinhas. Importante era que os trabalhadores tivessem a noção que estão a ser aldrabados mais uma vez e que lhes estão a enfiar um enorme barrete. De onde vem esta crise e quem é responsável por ela? Quem vai acabar por ganhar fortunas com ela? Encontrem-se estas respostas e talvez se conclua que esta crise é uma falácia criada só para reduzir salários e postos de trabalho.
Tivessem os trabalhadores a coragem de quando chegam os despedimentos e as falências de se unirem, assumirem o controlo das empresas e gerirem eles o seu destino e talvez muitos pensassem melhor antes de atirar milhares e milhares para a miséria do desemprego. Se eles desistem está na hora de todos assumirmos a responsabilidade de lutarmos r trabalharmos pelo direito a termos um futuro.

Excerto do “FMI” de José Mário Branco:

“…tudo corre bem, a ver quem se vai abotoar com os 25 tostões de riqueza que tu vais produzir amanhã nas tuas oito horas. A ver quem vai ser capaz de convencer de que a culpa é tua e só tua se o teu salário perde valor todos os dias, ou de te convencer de que a culpa é só tua se o teu poder de compra é como o rio de S. Pedro de Moel que se some nas areias em plena praia, ali a 10 metros do mar em maré cheia e nunca consegue desaguar de maneira que se possa dizer: porra, finalmente o rio desaguou! Hão te convencer de que a culpa é tua e tu sem culpa nenhuma, tens tu a ver, tens tu a ver com isso, não é filho? Cada um que se vá safando como puder, é mesmo assim, não é? Tu fazes como os outros, fazes o que tens a fazer, votas à esquerda moderada nas sindicais, votas no centro moderado nas deputais, e votas na direita moderada nas presidenciais! Que mais querem eles, que lhe ofereças a Europa no natal?! Era o que faltava! É assim mesmo, julgam que te levam de Mercedes, ora toma, para safado, safado e meio, né filho? Nem para a frente nem para trás e eles que tratem do resto, os gatunos, que são pagos para isso, né? Claro! Que se lixem as alternativas, para trabalho já me chega. Entretém-te meu anjinho, entretém-te, que eles são inteligentes, eles ajudam, eles emprestam, eles decidem por ti, decidem tudo por ti, se hás-de construir barcos para a Polónia ou cabeças de alfinete para a Suécia, se hás-de plantar tomate para o Canada ou eucaliptos para o Japão, descansa que eles tratam disso, se hás-de comer bacalhau só nos anos bissextos ou hás-de beber vinho sintético de Alguidares-de-Baixo! Descansa, não penses em mais nada, que até neste país de pelintras se acho normal haver mãos desempregadas e se acha inevitável haver terras por cultivar!”

terça-feira, Fevereiro 17, 2009

Um dia triste

UGT

lei laboral

Estas foram dois dos bonecos que aqui publiquei quando da imposição do novo Código de Trabalho. Quem o assinou, porque o assinaram, as lutas que nunca passaram de iníquos protestos, Entra hoje em vigor, (como se a anarquia nos despedimentos já não esteja estabelecido em nome da crise). Mais uma estocada nos nossos direitos, tristemente feita por um partido que se apelida de socialista e se proclama de esquerda. Torno a publicá-los hoje para assinalar a data.

Guantanamo existe e resiste

Guantanamo

Os documentos do tribunal descrevem tratamentos horrorosos nas prisões secretas. Mohamed afirmou que, durante a sua detenção em Marrocos, “foi agredido repetidas vezes, tendo partido vários ossos, e ocasionalmente, perdendo a consciência. As suas roupas foram cortadas com um bisturi que também serviu para lhe fazerem incisões no corpo, incluindo no pénis. Depois, deitavam-lhe um líquido quente por cima das feridas que tinham sido cortadas no seu pénis. Mohamed era frequentemente ameaçado com violações, electrocussão e morte.”
+ [AQUI]

O Obama foi eleito com “Pompa e circunstância” como sendo o salvador, o homem que vinha dar a volta ao mundo e fazer-nos acreditar que podíamos. Não a mim, que já não acredito que quem realmente quer mudar o estado das coisas para melhor consiga chegar ao poder. O seu primeiro acto como Presidente foi começar a tratar de encerrar Guantanamo. Via demorar um ano, diz-se, mas entretanto que vai acontecer àqueles que lá continuam presos, sem acusação, sem direitos, sem defesa. Morre mais um pouco mais da nossa existência como seres humanos a cada dia que passa.

Também por cá voltámos a ouvir, há umas semanas atrás, que o Resultado da Investigação aos Voos da CIA ia sair para a semana seguinte. Continuamos à espera.

Obama disse: "Obrigadinho ó Silva!"

Yes we can

Obama agradeceu a carta de felicitações enviada pelo Presidente da República portuguesa, aquando da sua eleição a 4 de Novembro. Dizendo ter apreciado “particularmente” a missiva de Cavaco Silva, Obama. “Estou confiante em que poderemos trabalhar em conjunto, nos próximos quatro anos, num espírito de paz e amizade, com vista a edificar um mundo mais seguro. É meu desejo trabalhar com Vossa Excelência nesse esforço e na promoção das boas relações entre os nossos países”, escreveu. Obama apontou ainda “excelentes oportunidades que, se abordadas com eficácia, poderão contribuir para promover os objectivos da nossa aliança” e manifestou forte convicção “da importância fundamental do nosso relacionamento”.
A relação entre Portugal e EUA é, segundo o Presidente da República, de “estreita cooperação” e Cavaco Silva disse acreditar que esta proximidade iria trazer “novas oportunidades” para os dois países “se reforçarem e expandirem”.

Passei todo o dia a ouvir falar da “Carta do Obama” que foi recebida pelos Silvas de Belém. O homem foi bem-educado e agradeceu, mas o que vi mais destacado foi a frase, “da importância fundamental do nosso relacionamento”. Falam mesmo que o Obama pediu ajuda ao Silva, pois parece que os EUA estão necessitadíssimos da colaboração de Portugal. Quem sabe não terá o Obama de vir a Lisboa pedir-lhe conselhos, afinal o Sr. Silva acredita que juntos poderão os nossos dois países “se reforçarem e expandirem”. Para onde se Irão(?) eles expandir só o Sr. Silva nos poderá dizer.

Muito gostamos nós de nos colocar nas pontas dos pés e o Silva até já fala inglês e diz “Yes we can” e até Yes you can”.

segunda-feira, Fevereiro 16, 2009

La teta Asustada

La teta asustada

Vêm aí as reuniões dos mais ricos, dos G7’s, dos G20’s e de todos os G’s que se possa imaginar, com FMI, Bancos e Donas Brancas que podemos imaginar, tudo para encontrar a solução da crise. Evitar proteccionismos, (embora muitos do que o afirmam sejam os primeiros a faze-lo nos seus países) e muito provavelmente a criação de “Maus Bancos, ou sejam Bancos criados para recolherem todos os ditos “activos tóxicos”, (vulgo prejuízos) de toda a Banca Privada e paga por nós. Paga com despedimentos, redução de salários, impostos e mais pobreza. Chegará isso para resolver todos os problemas ou ainda nos virão dizer que a culpa é nossa, da demasiada liberdade, dos demasiados direitos que tem quem trabalha ou simplesmente existe. É sabido que existe a previsão feita pelos grandes senhores do capital, os Senhores do Mundo, os Iluminatti’s, os Bilderberg’s que vivem nas sombras do silêncio mediático, (que controlam), de que brevemente só haverá trabalho para 1/5 da população mundial (80% de desempregados). As soluções encontradas até agora passam pela destruição desse excedente de população, para os mais radicais e o “Tits-entretainement”, uma teoria que afirma que com um mínimo de sobrevivência e entretenimento os povos se mantêm calmos e quietos, para os mais moderados. Seja ela qual for, a solução escolhida para a “Nova Ordem Mundial”, se nada fizermos, estaremos certamente muito pior quando derem esta crise por terminada. Isso é uma certeza.

A Solene palavra Honra

A a meaça

O Presidente da República, Cavaco Silva, disse hoje que já falou «uma vez» sobre o assunto «e é suficiente», questionado pelos jornalistas sobre se mantém a confiança no seu conselheiro de Estado Dias Loureiro. Já quando foram feitas as primeiras revelações sobre o caso BPN, Cavaco Silva disse que Dias Loureiro lhe tinha garantido solenemente que nada tinha a ver com as irregularidades do Banco Português de Negócios.
De acordo com a edição de hoje do jornal Expresso, «Dias Loureiro mentiu à comissão de inquérito» parlamentar sobre a nacionalização do BPN quando negou conhecer a existência do Excellence Assets Fund. «Dias Loureiro assinou dois contratos onde esse fundo é parte». Dias Loureiro, justificou ter negado conhecimento do fundo no Parlamento porque não se lembrava da sua existência.

Tinha-se esquecido de um pequeníssimo pormenor. Para quê colocar em causa a palavra deste Sr. se o Sr. Silva acredita nela. Acreditará realmente? Certamente que sabe muito mais que todos nós sobre o assunto e um facto é que Dias Loureiro continua como Conselheiro de Estado. Será o silêncio cúmplice a solução que escolheram? Vamos deixar?

domingo, Fevereiro 15, 2009

Exposição: Os Pinóquios no Palácio de Belém

Ponóquios

Dias Loureiro mentiu à Comissão de Inquérito.
In "Expresso"

Bem feita para o Sr. Silva. Quem o manda convidar para Conselheiro de Estado e acreditar na palavra de honra de um Pinóquio.


E vai ao fundo, vai ao fundo sim Senhor

Ao fundo

Segundo os dados hoje divulgados pelo INE, a economia portuguesa decresceu dois por cento no quatro trimestre do ano passado face ao trimestre anterior, em que já tinha decrescido, e terminou 2008 em recessão técnica.
Ainda de acordo com o INE, no conjunto do ano passado o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) português fixou-se nos zero por cento -- estagnação -- depois de ter crescido 1,9 por cento em 2007.
In "Publico"

Mais um Tiro nas Finanças. Economia ao fundo.

sábado, Fevereiro 14, 2009

Dia dos Namorados - Varandas de S.Bento

Dia dos Namorados

No Dia dos Namorados não podia de deixar de representar os Amores Secretos e as eternas juras de amor dos amantes apaixonados. Pena não se chamarem "Romeu e Julieta", que o "veneno" ofereciamos nós.

Dia dos Namorados - Agora é que são elas

Dia dos Namorados

Dois Amores num Menage à trois. Bloco Central ou Salvação Nacional, como se virá a chamar o governo do Sr. Silva?

Dia dos Namorados - Os Silvas

Dia dos Namorados

O meu postal do Dia dos Namorados à Mais Alta Entidade do Estado
"Amor é fogo que arde e não se vê..."

sexta-feira, Fevereiro 13, 2009

O Medo de ser livre

O Medo

Quem anda a plantar o medo por aí? Agora todos vêm falar de medo, dos professores ao Manuel Alegre, do Soares ao Eanes, passando pelos comentadores do regime. Porque o andam a plantar nas nossas cabeças, a dizer-nos que se não o temos devemos passar a tê-lo. Num dos separadores da TSF há lá uma voz que diz algures, “porque não perdes esse medo? Só assim serás verdadeiramente livre”.
Não estará na hora de sermos realmente livres, de tomarmos os nossos destinos nas nossas mãos? Porra, eu até penso que já passa da hora.

Votos excomungados

Excomungados

A Igreja portuguesa reuniu para concluir que devia apelar aos católicos que não votassem nos partidos que defendem o casamento homossexual. Aceitam que existam gays, mas agora casarem-se já é outra coisa. Por mim podem casar, descasar e voltar a casar, ser gays, parvos, oportunistas, apaixonados ou não. Isso é um problema de cada um, mas a Igreja sempre gostou de fazer finca-pé nestas coisas que metem sexo. Assusta-os.
Depois já vieram tentar emendar a mão e dizer que não havia nada de partidário e que só falaram em votos por falar. Talvez tenham confundido votos de casamento com votos eleitorais. Que Deus lhes perdoe que tiram ao Engenheiro a marca de “Esquerda” com que se quer apresentar às eleições. Não que engane ninguém, mas ele parece acreditar nisso.

quinta-feira, Fevereiro 12, 2009

O Fado português

O nosso fado

Ultimamente apetece-me mais fazer bonecos que escrever. Este blog sente-se um pouco dividido entre retratar a grande crise, a mesquinhez da vida partidária, as histórias de crimes e cabalas ou a realidade do dia a dia. Estou farto destes políticos, desta gentinha e zangado à brava com eles por me fazerem pagar por uma crise que eles fizeram e de onde ser serviram. Olho para esta gente, para este povo, para as sondagens, para as alternativas e vejo este país votar para escolher entre dois males idênticos nas suas almas capitalistas. Será este fado algo de que não podemos fugir?

O Forum das verdades

Fórum da verdade

Manuela Ferreira Leite, anunciou hoje a realização do fórum “Portugal de Verdade” para contrastar com o “jogo de mentira que o Governo alimentou durante meses” sobre a crise económica e pretende que seja “um fórum real onde não entra a política do espectáculo e dos efeitos especiais”.
O verde e laranja foram as cores utilizadas no cenário da apresentação do fórum, sublinhando a ideia de mudança que Manuela Ferreira Leite quis dar.
IN [Publico]

Verdade? Qual verdade, a verdade dos senhores do capital, a verdade da pobreza ou a verdade da assunção de responsabilidades por terem suportado e mantido um sistema que irremediavelmente conduzia para o abismo, só em nome do dinheiro e do poder, ou ainda a verdade da mentira que nos contaram ao longo dos anos?

"Os donos do capital vão estimular a classe trabalhadora a comprar bens caros, casas e tecnologia, fazendo-os dever cada vez mais, até que se torne insuportável.
O débito não pago levará os bancos à falência, que terão que ser nacionalizados pelo Estado".
Karl Marx, Das Kapital, 1867

quarta-feira, Fevereiro 11, 2009

Raças Perigosas XXI - Augusto Santos Silva

Cão de guarda

O ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva, indica que “está em curso uma tentativa de assassinato político e moral de José Sócrates” numa entrevista hoje publicada no “Jornal de Notícias”. Augusto Santos Silva aproveitou igualmente para nomear as várias “campanhas” dos últimos anos contra o PS: “A cabala da Casa Pia em 2003, a campanha negra de 2005 e os poderes ocultos de 2009”.
In [Publico]

Até pode ser que esteja cheio de razão, mas para quem já teve de engolir a história da licenciatura mais as assinaturas nos projectos lá da terrinha e a certeza das promessas nunca cumpridas, não nos custa a acreditar que não tenha. Fugas de informação podem ser crime, mas em nada alteram os factos que revelam.
Este senhor, num momento em que muitos falam de medo, nem que seja para assustar os que o não tinham, que já nos disse que gosta de malhar na esquerda plebeia ou chic," tornou-se na verdade no cão de guarda do Engenheiro.


O Génio do Sr. Silva

O grande cerebro

«A exportação de bens e serviços por parte de Portugal é praticamente a única via que nos dispomos para conseguir combater o crescimento explosivo da dívida externa e defender o emprego dos trabalhadores portugueses, como aliás é reconhecido pela generalidade dos economistas com competência e credibilidade na matéria».
Uma posição partilhada pelo ministro da Economia, Manuel Pinho, que considera que «Devemos aproveitar a crise para as empresas portuguesas comprarem empresas no estrangeiro e desta forma ganharem uma dimensão que não têm».

Porra, e andou um pai a vender gasolina a vida inteira para pagar um curso de economia a um filho destes. Chegou a Presidente do PSD enquanto fazia rodagem a um carro e a Presidente da Republica com todos a dizerem que ele bom, mesmo bom, só mesmo em Economia, (que é coisa em que um Presidente normalmente não mete as mãos). Eu que nunca atingi tais patamares de sapiência, que sobrevivo no ceio dos comuns mortais, que de economia só entendo o suficiente para tentar esticar o salário até ao fim do mês, parece-me que a afirmação do Sr. Silva está correcta. Correcta e evidente para todos. Agora se é só isso que o Sr. Silva tem para dizer, se não se digna a explicar-nos como pensa que pode ser feito, então mais vale não dizer nada que de nos tornarmos num INATEL de luxo da Europa não falta muito.
Quanto ao Manuel Pinho pouco há a dizer que não tenha já sido dito. Se aconselhasse a investir em Portugal talvez fosse mais útil, sobretudo numa altura em o desemprego disparou e a crise não parece ter fim.

terça-feira, Fevereiro 10, 2009

Andam por aí mortos vivos

Requien por manuela

Mais uma imagem envida pelo amigo J.Lima e como sempre sem necessidade de mais legendas.

Para onde corre o Professor?

Porque corre

Marcelo Rebelo de Sousa admite que o PSD caminha para «um ponto sem retorno». O antigo líder social-democrata disse que o partido não pode continuar a agir como até agora e que Manuela Ferreira Leite tem acertado ao lado do que é importante. «Nos últimos dois meses e meio esteve mais tempo calada do que a falar. Quando fala, fala onde? Em estúdios de televisão ou de rádio em entrevistas e na sede do partido», afirmou o comentador.
Para Marcelo Rebelo de Sousa se a situação se mantiver vai atingir-se o «ponto de não retorno», em que o «PSD deixa de concorrer para ganhar e passa a concorrer como o PP, o PCP e o BE para tirar a maioria ao PS e perder por poucos».
Marcelo Rebelo de Sousa diz ainda que a imagem de Manuela Ferreira Leite está a prejudicar o partido. «Estou preocupado, o que está a puxar o PSD para baixo é a imagem da líder e não vale a pena negar a evidência», considera o comentador de política, sublinhando ainda que a imagem de Manuela Ferreira Leite se tem vindo a «degradar brutalmente e a meu ver por culpa dos conselheiros».

Para onde corre o Marcelo Rebelo de Sousa? Uns dizem que para a Presidência lá para 1017 outros que poderá estar tentado a enfrentar o Sócrates. Se isso o tirasse das noites televisivas de domingo já não era mau.

O divórcio

O Divórcio

A ex-dirigente nacional Joana Amaral Dias foi afastada da lista de 80 nomes, liderada por Francisco Louçã, candidata à Mesa Nacional, o órgão máximo do Bloco de Esquerda entre convenções. A decisão apanhou de surpresa a militante bloquista, que diz não existirem razões para tal afastamento. Fonte do partido explicou à agência Lusa que tal se deveu a uma "redução da sua participação política".

Pim pam pum, de vez em quando lá vai um. Qual foi a zanga não sei, se foi o apoio que deu ao Soares ou simplesmente a redução da participação politica é coisa lá deles, mas que era uma cara bonita nesta politica tão feia, lá isso era.

segunda-feira, Fevereiro 09, 2009

Os sem vergonha de Lisboa

Câmara Municipal Lisboa

Mais um trabalho com que o amigo J.Lima presenteia este blog. Nem necessita de palavras que a imagem diz tudo.

O Monstro Cor-de-rosa

A grande esquerda


Edite Estrela recordou que o PS é quem representa a «esquerda grande» de que Francisco Louçã falou no discurso de encerramento da Vi Convenção bloquista e acusou o Bloco de Esquerda de «falar e não querer fazer» numa altura em que o «país precisa de estabilidade política». «A esquerda grande é o PS, foi no PS que o povo português confiou para governar o país e é no PS que os portugueses continuam a depositar confiança», frisou a eurodeputada. A ex-autarca lamentou ainda o facto de o Bloco se excluir de «qualquer solução governativa, mesmo que seja necessária no futuro para garantir a governabilidade».

Para o PS poder fazer parte de alguma grande, ou pequena esquerda neste país, era necessário que saíssem de lá uma quantidade de oportunistas e servos do poder e que aquele partido fosse buscar à gaveta o socialismo que o Marocas para lá atirou. Espero realmente que o Bloco nunca venha a viabilizar nenhum governo dos Sócretinos, mesmo que isso o venha a representar que se vão encostar ao CDS do Portas. Não se pode pactuar com esta gente e com este sistema, é importante criar com ele uma ruptura completa. Há que falar claro, que iniciar uma viagem vitoriosa para o futuro. Não se vai tirar o poder a essa gente nestas eleições certamente, mas perante o ruir do capitalismo há que reafirmar ideias e outras formas de organização social, outros objectivos para além do poder económico e da ganância capitalista. Está mais que na hora de todos os que não acreditam no sistema parem de lutas por mais uns décimos nas eleições e assumam um objectivo comum. É triste ver o Bloco, como o PC, colocarem como objectivo o com ganharem um ou outro deputado. O objectivo tem de ser uma vitória com a maior urgência possível e por isso todos têm de assumir as suas posições claramente. Não há mais tempo para ambiguidades. O mundo parece que está a ruir e ninguém se parece preocupar muito com isso. Isto se ainda houverem eleições e não vier um Silva qualquer a fazer a vontade à Manelinha e decretar um intervalo na democracia com um governo de salvação nacional. Pode é ser um intervalo muito longo.

Partilhe